quarta-feira, 9 de abril de 2014

MIGUEL HADDAD É CONDENADO ! ! !


TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO

PROCESSO: TC- 800.167/144/10

ÓRGÃO: Prefeitura de Jundiaí.

RESPONSÁVEL: Miguel Moubadda Haddad – Prefeito, à época.

ASSUNTO: Decisão da 1.ª Câmara, em Sessão de 26.06.2012 – formação de autos apartados para tratar de análise de indícios de fracionamento (Item B.5.3.4 do relatório).

INSTRUÇÃO: UR-03 - Unidade Regional de Campinas.

ADVOGADOS: Srs. Maria Aparecida Rodrigues Mazzola – OAB/SP n.º 39.327; Regina Cilene Azevedo Mazzola – OAB/SP n.º 223.179; Jandyra Ferraz de Barros M. Bronholi – OAB/SP n.º 46.864.

A coisa está ficando feia, hein ? É uma condenação atrás da outra. Tudo o que os prefeitos do PSDB diziam para a cidade em termos de eficiência administrativa era tudo mentira. A realidade nua e crua aí está, ou seja, um mar de condenações por várias razões. Agora, o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo aponta fracionamento de contratos. Isso quer dizer que o PSDB adotou esta atitude para fugir da realização de concorrência pública. Segue abaixo alguns trechos da sentença que condenou o nobre ex-prefeito Miguel Haddad:

"...Como é cediço, o fracionamento de licitação apresenta-se quando se divide a despesa para utilizar modalidade licitatória inferior à determinada pela legislação em razão do valor, ou para efetuar contratação direta...

...Dos autos, infere-se que o fracionamento detectado ocorreu pela ausência de adequado planejamento da Administração, referente ao quanto deveria ser consumido pelos órgãos administrativos, assim como em relação à previsão da respectiva despesa. Tal circunstância não se presta como escusa para o descumprimento da legislação incidente, implicando, entre outros, no descumprimento do princípio da eficiência, inserto no artigo 37, “Caput”, da Constituição Federal...

...Por todo o exposto, à vista dos elementos que instruem os autos e dos posicionamentos desfavoráveis dos Órgãos Técnicos da Casa e do Ministério Público de Contas, e nos termos do que dispõe a Resolução n.º 03/2012 deste Tribunal, JULGO IRREGULAR a matéria em apreço, com fundamento no artigo 33, III, “b” c.c. artigo 36, parágrafo único, ambos da Lei Complementar n.º 709/93.

Nos termos do artigo 104, II, da referida Lei Complementar, aplico ao responsável, Senhor Miguel Moubadda Haddad, multa no valor de 200(duzentas) UFESP’s..."


Para lerem a sentença, na íntegra, acessem o link abaixo:

http://www2.tce.sp.gov.br/arqs_juri/pdf/278287.pdf

54 comentários:

Fernando Zingra disse...

ERROS PRIMÁRIOS DE PORTUGUÊS EM LIVROS DE JUNDIAÍ, GESTÃO PEDRO BIGARDI - PCdoB E DURVAL ORLATO - PT CONFIRMA DESGOVERNO!!!
MAIS ESSA PEDRO BIGARDI - PCdoB E DURVAL ORLATO PT???

A CADA DIA CONFIRMAMOS A INCAPACIDADE DESSE GRUPO QUE SE ELEGEU PREGANDO CAPACIDADE, MAS JÁ AO ASSUMIREM E TERMOS DURVAL ORLATO COMO SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO, SEM QUE ELE NADA TENHA EM SEU CURRICULUM COM ESSA ÁREA, FOI A CONFIRMAÇÃO DE QUE ELES NÃO SABIAM MESMO O QUE FAZER. E COM ESSES ERROS PRIMÁRIOS, QUE NEM O SECRETÁRIO E SEUS CAPACITADÍSSIMOS DIRETORES CONSEGUIRAM ENXERGAR, O QUE OS PAIS PODEM ESPERAR DE EDUCAÇÃO PARA SEUS FILHOS???



Texto extraído do facebook:
https://www.facebook.com/pages/jundiai-newscombr/526115854132195?fref=ts

Erro ortográfico em mapa de livro escolar surpreende mãe em Jundiaí
Mapa mostra Minas Gertais, Espíritu Santo e Ácre, com acento.
Prefeitura informa que notificou editora responsável pelo material.
Os diversos erros ortográficos de um mapa geográfico em um livro didático infantil de uma escola municipal chamou a atenção de uma mãe de Jundiaí . Os estados do Acre, Espírito Santo e Minas Gerais estão com a grafia errada no mapa do material voltado para alunos do ensino fundamental.
No livro, destinado para crianças do segundo ano, está escrito "Minas Gertais" (Minas Gerais) e "Espíritu Santo" (Espírito Santo). Além disso, o Acre está com um acento no A (Ácre) e ainda falta a identificação de cinco estados do nordeste: Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Sergipe, além do Distrito Federal.
De acordo com Vanessa Marques, de 34 anos, foi o filho de 7 anos que mostrou os erros para a mãe na terça-feira (8). “Ele chegou em casa e folheamos o livro juntos. De repente, ele me disse: ‘Olha mamãe, os nomes dos estados estão escritos de forma errada’. Ou seja, é tão grosseiro que ele percebeu assim que olhou para o mapa”, conta a auxiliar administrativa.
Vanessa ainda conta que chegou a folhear o resto do livro para ver se havia alguma brincadeira no material didático. “Dei uma olhada no resto para ver se aquilo era alguma pegadinha ou algo que fosse para chamar a atenção da criança, mas não era. O resto do livro está correto, o que não adianta nada porque são demais esses erros crassos em um livro destinado a ensinar crianças em uma fase crucial da alfabetização”.

http://fernandozingra.blogspot.com.br/2014/04/erros-primarios-de-portugues-em-livros.html

Anônimo disse...

Ei... uma das advogadas não tinha CC e era a secretária do distinto ex prefeito?
A outra já não foi citada nesse blog sobre algumas ilegalidades na faculdade de medicina?

Tudo farinha do mesmo saco mesmo.

Será que ele escreveu essas condenações no livro dele?

Anônimo disse...

Ninguém consegue me responder: o Miguel está inelegível ou não? vai poder participar das próximas eleições ou não?

Anônimo disse...

Ixi, a coisa ta feia.
Agora há pouco os educadores esportivos fizeram um "apitaço" no paço municipal.

Jose Carlos Rodrigues disse...

César, li o comentário seu no grupo Câmara em Pauta, sobre o PCB não aceitar oportunistas e profissionais da politica como o Luiz Fernando Machado.
A senhora advogada, antiga defensora dos desses oportunistas e profissionais da política que duvida e fala que o PCB daria muito para ter ele, é velha conhecida nas campanhas, quando se junta com os pelegos restantes e viuvas, para atacar os outros! Essas é a mesma que fala de moral, mas acompanhava aquele do caxambu, que adora uma baixaria, e que tem um fake chamada Kelly Santana, e que somente ia assinar o contra cheque na TVE e depois passava 30 dias cocando com o dinheiro publico...isso ela nunca questionou!
O problema é que eles estão acostumados a se venderem para qualquer partido em troca sempre de benefícios!Então eles gostam de medir os outros com a mesma medida com que são medidos!

Anônimo disse...


Tayar:

De novo mais uma condenação o que
este prefeito fez de bom para a
nossa cidade? Todos os seus atos
foram condenados. QUE VERGONHA

Anônimo disse...

DESCULPA TAYAR SE FUGI DO ASSUNTO, MAS SE TEM ALGUM JORNALISTA LENDO ESSE BLOG....PRETE MUITA ATENÇÃO:: SOU FUNCIONÁRIO DO ATACADISTA ROLDÃO, E NA SEMANA PASSADA A VIGILANCIA SANITARIA INTERDITOU 1 TONELADA DE BACALHAU ( ISSO MESMO..1 TONELADA) IMPRÓPRIO PARA CONSUMO! PORQUE ISSO NÃO SAIU EM NENHUM JORNAL???

Família do Anhangabaú disse...

EU E MINHA FAMÍLIA ESTAMOS FAZENDO A NOSSA PARTE E VOCÊ?

DIVULGUEM SE VOCÊ QUER UMA JUNDIAÍ MORALIZADA POLITICAMENTE!

CESAR TAYAR E FERNANDO ZINGRA PARA A PREFEITURA EM 2016!

Anônimo disse...

Reposta ao anonimo de 9 de abril 14;18.

Não saiu nada na imprensa devido aos $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ !!

Anônimo disse...


Tayar, apenas para o seu conhecimento:

NOTÍCIA DA PREFEITURA

Representando o bispo diocesano d. Vicente Costa, o padre Sílvio Andrei, pároco e reitor do Santuário de Pirapora, esteve nesta quarta-feira (9) no Paço Municipal. Recebido pelo prefeito Pedro Bigardi, ele estava acompanhado do coordenador diocesano do Conselho de Leigos, Geraldo Farias.

(?) Por favor, procure no Google, o que já "aprontou" o tal Padre Silvio Andrei, você não vai acreditar!

Anônimo disse...

Nesse link tem o mapa que saiu errado no livro que o zingra falou acima.

http://educacao.uol.com.br/noticias/2014/04/09/livro-escolar-da-rede-publica-de-jundiai-sp-erra-nome-de-3-estados.htm

Sinceramente não sei o que é mais grave o erro ou a informação da mãe do aluno que identificou o erro e pediu a troca do material e recebeu essa resposta da Secretaria de Educação: "Eles disseram que, por ser um material de ótima qualidade, não iriam recolher, mas sim avisar aos professores do erro e pedir que eles trabalhassem o tema".

Anônimo disse...

Caro Cesar, boa noite!!!

andei um pouco sumido, mas sempre que posso, dou uma olhada nas novidades que você posta, com muita maestria e propriedade, em seu blog. Pois é, as condenações, embora mais do que esperadas, demoraram muito a serem julgadas pelo TCE, o que, diga-se de passagem, é normal em nosso país, e, anormal, quando envolve alguns personagens de nossa cidade, visto que, conforme dizem as más línguas, são apadrinhados por alguns membros do judiciário. No que diz respeito a matéria envolvendo os erros de português nas "cartilhas" da rede pública municipal, devo dizer que tais erros também já eram esperados, mesmo porque, tanto eu, quanto você e mais 139.998 pessoas que votaram no Bigardi, também erramos, eis que a cidade continua com a mesma cara de antes, qual seja: a de um lugar onde o governo só funciona para uns poucos oportunistas de plantão. Forte abraço, Padre Evaristo Afonso (irei usar esse pseudônimo, mas você sabe quem eu sou e do que estou falando

Anônimo disse...

Preocupados com a condenação de Miguel Haddad?

Assisti hoje na Globo, mais especificamente, no Tem notícias 1ª edição e no Jornal Hoje, reportagem sobre erros no material didático adotado pela Secretaria Municipal de Jundiaí.

ERROS GRAVÍSSIMOS!!!!!!!

E aí Sr. Secretário, de quem é a culpa?

Quem será responsabilizado por falta tão grande?

Onde está sua equipe pedagógica?

Como resposta a Secretaria Municipal de Educação de Jundiaí disse que não sabia do erro, pois não tinha tido acesso ao material, já que a Secretaria é a última a receber.

Ah? Como assim Sr. secretário?
Sua equipe não teve acesso ao material antes de ser utilizado nas escolas? E como foi feita a escolha?

Sua equipe sabe quais são os conteúdos que estão sendo estudados?

Só pra refrescar a memória...

Conteúdo é O QUÊ os alunos aprendem e O QUÊ os professores ensinam. Correto?

Certo dia ouvi do responsável pela pasta da Educação que ele não estava preocupado com competência de seus especialistas, pois era preciso dar oportunidade a todos.

Garanto que os pais estão preocupados com a COMPETÊNCIA.

Anônimo disse...

Me diga uma coisa tayar, o boneco de olinda esta tentando aproximacao conosco? Nao acredito, me explique direitinho. Sera que o mentor da campanha dele sera o mesmo. Ahahha. Ta pedindo pra perder de novo. Nao prrecisa nem se preocupar, eles ainda nao entenderam que jundiai acordou, que nao vai mais dar pra eles? Quer que eu desenhe? Que insistencia, deviam saber a hora de pedir pra sair. Continuam achando que o dinheiro "ganho a rodo" por eles vai enganar o eleitor. Que atrasados. " "

Anônimo disse...

PRONTO 200 UFESPs...E DAÍ, NA PRATICA ELE PODE OU NÃO PODE SER CANDIDATO ?

Anônimo disse...

https://www.youtube.com/watch?v=WMehKc-ClQA

cesar tayar disse...

Os livros com erros de português foram fornecidos por uma empresa sobre a qual este blog denunciou o valor milionário do contrato com a prefeitura de Jundiaí:

Imprensa Oficial do Município - 21/02/14

CONTRATANTE: Prefeitura Municipal de Jundiaí

CONTRATADA: MATHEMA ASSESSORIA E ACOMPANHAMENTO ESCOLAR LTDA.

PROCESSO: nº 30.109-4/13

CONTRATO Nº 085/14

ASSINATURA: 18/02/14

VALOR TOTAL: R$ 5.523.332,00

OBJETO: FORNECIMENTO DE LIVROS DIDÁTICOS DA COLEÇÃO CIRANDA, PARA USO NO ANO LETIVO DE 2014

Anônimo disse...

O DURVAL MANDOU MUDAR O NOME DO ESTADO EXATAMENTE COMO ELE REZA..ESPIRITUUUUUUUUUU SAAAAAAAAAAAAAAAAANTÔ.... É MUITO INCOMPETÊNCIA JUNTAS...

Fernando Zingra disse...

Ao anônimo das 20:56.

A resposta dada pelos "capacitadíssimos" da secretaria de educação, pois gostaria que verificassem o curriculum de cada diretor e ai irão compreender por que de tantos erros, está correta, está a altura deles. Como pode alguém que nunca viveu ou se capacitou para a área que atua apontar erros, se ele mesmo não sabe o que é correto? Então tudo para ele pela sua incapacidade e ignorância está adequado aos padrões que ele vive.
O maior errado disso é a fraude política Pedro Bigardi, pois deixou o Durval assumir a secretaria de educação, sem ter curriculum para isso e apoiado a nomeação dos “diretores” que compõe essa. Quem deveria estar no lugar de secretário, reponde por diretor, mas a vaidade falou mais alto. Dos que sobram, é lamentável!
É como colocar um pedreiro para fazer uma cirurgia; é o que acontece nessa secretaria, temos de tudo um pouco, menos o que é mais necessário: EDUCADORES!!!

Anônimo disse...

pensem comigo, quem com estudo e conhecimento vai votar em Durval Orlato ou no PT???????????é obvio que ele sabe disso e por isso quer manipular a educação pra poder formar um bando de ignorantes pra quem saber ganhar alguma coisa além de eleição pra vereador!e o pior é o mentor e cérebro do prefeito, isso demonstra claramente a taxa de mediocridade do cara que "comanda" a cidade.

Anônimo disse...

Tayar e Zingra, quem seriam os Secretários que vocês nomeariam se eleitos forem?

Anônimo disse...

Quando o bailarino vai mandar arrumar o nosso campo aqui no santa Gertrudes?

Anônimo disse...

NÃO ADIANTA PUBLICAR SÓ NESTE BLOG ASSUNTOS JUDICIÁRIOS REFERENTES AO MH PODEM TER CERTEZA QUE ELE VIRÁ COM FORÇA TOTAL E LIVRE DE QUALQUER POSSÍVEL IMPEDIMENTO JURÍDICO.
" QUEM VIVER, VERÁ!"

Anônimo disse...

QUANDO CHEGAR OS UNIFORMES DAS CRIANÇAS QUE "HOJE" ESTÃO AGUARDANDO AS PROMESSAS DO DURVAL HORLATO, ELAS JÁ ESTARÃO CURSANDO FACULDADES.

Anônimo disse...

Caro anônimo das 10:12,
Pessoalmente, eu acho que ele não precisa manipular nada. Basta observar a juventude apta a votar. Das zelites à periferia não há muita diferença. Vá à uma festa no Clube Jundiaiense ou vá ao famigerado pancadão e você vai ouvir as mesmas coisas e observar as mesmas atitudes. Poste-se defronte ao bar Cochabamba num domingo qualquer e verá o presente bêbado, drogado, abestalhado e alienado desta cidade. Quando se falou em democratizar a cultura, o que se conseguiu foi democratizar a ignorância. Não é à toa que se perguntou sobre o rei do camarote num concurso público. Tudo já está nivelado por baixo.
Se alguma inteligência ainda houvesse, haveria aqueles que teriam fé e desejo de votar em Bigardi pela repulsa ao passado recente, mas ao verem o pt na coligação, anulariam o voto. Tudo o que está acontecendo já estava desenhado, já se estava vendo no nível nacional.

Anônimo disse...

O LFM tem perfil politico para o partido do Maluf.
Lá deve ser o lugar dele, ao lado do maior cara de pau que já existiu na politica brasileira.
A carreira politica do garotão está acabando.
Não vai conseguir se eleger na proxima eleição e ficará sem emprego pois o cara não sabe fazer nada.
Foi sempre um oportunista que quando foi subindo não cumpriu promessas feitas para as pessoas que o ajudaram.
Agora Luiz que voce vai cair tem muita gente que voce traiu que está esperando voce bater na porta para pedir ajuda.
Será que voce vai ter coragem?
Vai pedir para seu guru politico Jorge Haddad te ajudar?
Não sei não,parece que até ele voce traiu.

Anônimo disse...

No fundo, no fundo, nós meros cidadãos mortais é que estamos condenados a suportar uma existência cada vez mais degradante nesta cidade. Estamos condenados a sucessivas administrações medíocres que só trabalham para interesses escusos. E isso vale também para os Estados e para o País.

Anônimo disse...

SILVIO ANDREI RETOMA VIDA SACERDOTAL E PROCESSA POLICIAIS E ESTADO

fonte: http://www.radiowebcp.com.br/index.php?pagina=posts&tipo=Not%EDcias&id=2732

O padre Silvio Andrei voltou a celebrar missas, realizar batizados e cumprir todas as funções sacerdotais um ano depois de ter sido preso. Atualmente, Andrei reside na cidade de Salto, município com pouco mais de 100 mil habitantes a cerca de 100 quilômetros de São Paulo. Ele celebra as missas na Paróquia Nossa Senhora do Monte Serrat, no centro da cidade.

Os passos do pároco que completou 41 anos no último mês de abril podem ser conferidos no perfil que ele possui no microblog Twitter (@PeSilvioAndrei), com mais de dois mil seguidores.

Pelas postagens, é possível perceber que ele chega a celebrar até três missas por dia, continua praticando esportes, principalmente futebol, e academia, além de vir com frequência para Londrina visitar a família. A reportagem do Bonde tentou entrevistar o padre, mas por meio de seu advogado, não quis se pronunciar.

OS FATOS

Silvio Andrei Rodrigues foi detido na noite do dia 16 de maio de 2010, em Ibiporã. Ele dirigia um carro pela região central da cidade quando foi flagrado por policiais militares tentando persuadir um adolescente. O padre estava sem calça e com sinais de embriaguez. Ao ser preso, Silvio Andrei ainda tentou subornar os policiais. Os fatos estão descritos em uma ação que tramita na Vara Criminal da Comarca de Ibiporã.

O sacerdote responde processo por corrupção ativa, importunação ofensiva ao pudor e ato obsceno. Todos os crimes são negados pela defesa dele. "O fato é que ele bebeu, a ingestão de bebida alcoólica nunca foi negado. Agora, os outros fatos não têm o menor cabimento. Os policiais militares mudaram a versão que deram na Delegacia. Também houve contradição entre o menor (adolescente) e os policiais. São muitas incoerências", afirmou o advogado Walter Bittar. Ele preferiu não revelar detalhes que serão explorados perante o juízo.

A última audiência judicial sobre o caso ocorreu semana passada (segunda-feira, 9), coordenada pelo juiz Sergio Neme. A reportagem do Portal Bonde não pode acompanhá-la. O processo segue em segredo de Justiça e Silvio Andrei será o último a prestar depoimento.

SILVIO ANDREI PROCESSA POLICIAIS E ESTADO

O ‘caso Silvio Andrei’ não ficou só na esfera criminal da Justiça de Ibiporã. Duas ações cíveis foram ajuizadas pelo advogado Walter Bittar, que defende o sacerdote, contrárias a servidores públicos estaduais e ao Estado do Paraná.

Os policiais militares que participaram da prisão do padre na noite do dia 16 de maio de 2010 foram acusados por abuso de autoridade. Gravações feitas pelas câmeras de vigilância da Delegacia de Ibiporã mostram o sacerdote sendo agredido. Mesmo algemado, Silvio Andrei foi jogado contra as grades de uma cela. Ele sofreu uma lesão na cabeça. Além disso, o sacerdote também teria sido exposto ao ridículo ao ser apresentado para a imprensa trajando apenas camisa, cueca e meias. Silvio Andrei fora algemado pela perna.

Este processo já foi julgado. Os policiais Charles Messias do Carmo, Edgar Soares e Roni Douglas de Araújo aceitaram acordo com a Justiça. A transação penal é uma pena restritiva proposta pela lei 9.099/1995. "Como não tinham precedentes, o processo é suspenso por cinco anos. Os policiais pagam cestas básicas e nesse período não podem fazer outra transação", explicou o tenente Marcelo Barros do Nascimento, comandante do Pelotão de Ibiporã. Os policiais ainda respondem processo administrativo na Polícia Militar.

A outra ação civil pede danos morais "em função da violação de direitos fundamentais honra, dignidade e imagem", revelou o advogado Walter Bittar. A defesa não manifesta valor na ação. O processo é julgado pelo juiz Elsio Crozera.

Silvio Andrei também responde processo administrativo na Igreja. A manifestação só será apresentada depois do veredito da Justiça. (Com informações do Bonde).

O perfil desse padre está de acordo com os perfis dos políticos de Jundiaí!!!

Anônimo disse...

Dizem que, quando viu o noticiário sobre a compra dos livros na grande imprensa, o Durval Orlato ficou possesso e gritou Ka..lho!! , enfatizando a letra K.

Anônimo disse...

Jundiaí é motivo de gozação em todo o país por causa destes livros escolares. É só acessarem os sites de tudo o que é jornal.

Anônimo disse...


Tayar

Esta historia do erro ortogra-
fico que apareceu no facebok
mostra a incapacidade dos nos-
sos governantes.
Sr Pedro Bigardi não de a mes-
ma desculpa da Dilma que não leu
o relatorio Petrobras(Passadena)
Se voce pretende se reelejer
ACHO QUE VOCE JA PERDEU
Existe prova maior de burrice
de pessoas (auxiliares) que não
sabem escrever o nome de um esta
do do Brasil ESPIRITO SANTO....
ESPIRITO...ESPIRITO... E NÃO
ESPIRITU

Começo a desconfiar que voces
nunca estudaram a nossa lingua
agora se voces não sabem a lin-
gua imaginem o resto.

Bloguistas como eu do Beduino
consultem o facebok sabatina Jundiai (mil desculpas Tayar

Anônimo disse...

Ao invés de...

JUNDIAÍ REFERÊNCIA NACIONAL EM EDUCAÇÃO,

leia-se

JUNDIAÍ, VEXAME NACIONAL EME EDUCAÇÃO.

Como dizem por aí...

É dar arma pra macaco, atiram no próprio pé.


Se não fosse triste seria cômico

cesar tayar disse...

Caro amigo anônimo das 10:44 - Esta é uma possibilidade longínqua. Mas na hipótese de que isto aconteça algum dia, o secretário de educação, independente de nomes, deveria ser alguém com uma vida ligada à educação, que conhecesse com profundidade toda a sua estrutura e as suas necessidades. Muito diferente do que acontece hoje, onde o atual titular da pasta na prefeitura tem como meta apenas massagear o seu ego estando mergulhado em um verdadeiro oceano de vaidades. O triste resultado disso tudo aí está para todos verem.

Fernando Zingra disse...

CONVERSA MENTIROSA QUE JUNDIAÍ ERA REFERENCIA NACIONAL EM ENSINO!!!

Jundiaí nunca foi exemplo de educação, isso foi uma clara tentativa do PSDB para enganar a população!
O ensino na época do PSDB era também lastimável, pois os alunos saiam da rede municipal má lê má sabendo ler!
Na gestão Miguel, primeiro mandato, diretora da rede estadual juntamente com uma professora fizeram reunião com o Miguel a fim de que ele resolvesse tal situação, pois a rede estadual não tinha como alfabetizar, os alunos que eles aprovavam da 4º para a 5ª série! Uma vergonha!
PSDB foi nefasto também para JUndiaí!!!

Anônimo disse...



Dois jornalista conversando, hoje de manhã num café!

"Horra! você viu, dizem que a prefeitura já gastou perto de 2 milhões da verba de publicidade, até agora!

Uma coisa você pode estar certo, com a imprensa de Jundiaí, não saiu um tostão (moeda antiga) até agora!

Como você pode afirmar isso?

Minha patroa conversava com o irmão, e eu ouvi!"

Anônimo disse...

Dizem que os erros de português foram detectados por uma criança de 7 anos.

Aposto que o secretário de educação não seria capaz de encontrá-los.

Anônimo disse...

Esse senhor foi eleito vice prefeito. Pq ele quis se meter na secretaria de educação?

Anônimo disse...

É impressão minha, ou o pessoal da secretaria de serviços públicos estão "boicotando" o Banana?

Ou seria incompetência da pasta?

A cidade está abandonada, na grande maioria dos bairros.

Kaká Pardini disse...

4.000 aproximadamente... É isto? Todo este comentario?

Anônimo disse...

CONTRATO 134/14 PARA CONSTUTORA CAPELANO, DOADORA NA CAMPANHA DO LULA NA VARZEA E PRO PEDRO DOOU 3 MIL REAIS E LEVA CONTRATO DE MAIS DE 2 MILHÕES.

TAYAR OLHE QUEM DOOU PR CAMPANHA DO PEDRO E QUEM TA SE BENEFICIANDO NESSE TROCA-TROCA DO PODER. CAROLINA VITTI DOMINGOS TAMBEM FOI DOADORA E GANHOU CARGO.
SERA QUE ESSAS DOAÇÕES ESTÃO NO IMPOSTO DE RENDA DE QUEM DOOU? DUVIDO.

Anônimo disse...

TAYAR PROCURA ESSE PROCESSO NO TRE, TEM ALGUMA COISA ERRADA AI:

http://www.tse.jus.br/sadJudSadpPush/ExibirPartesProcessoJudDocRec.do

13785.2013.626.0327, TÁ NO MP ELEITORAL.

Anônimo disse...

ESSE PROCESSO É REFERENTE A UMA EMPRESA: SET ESTÚDIO DIGITAL S/C LTDA. ME QUE DEVE TER PRESTADO SERVIÇO PRO PCDOB

Anônimo disse...

http://www.tse.jus.br/sadJudSadpPush/ExibirDadosProcesso.do?nprot=188762014&comboTribunal=sp

FICA DE OLHO

Anônimo disse...



O cantor Sergio Reis é a principal atração da festa de 100 anos da Romaria Diocesana de Jundiaí a Pirapora. Ele se apresenta no dia 26, às 20 horas, no Parque Comendador Antônio Carbonari, com entrada grátis.

Tayar, eu gostaria de saber, quem vai pagar o "cachê" !

Anônimo disse...

o novo secretário da saúde não é da unimed? o tal de Vilhena.

Anônimo disse...

http://www.jusbrasil.com.br/diarios/65628133/tre-sp-04-02-2014-pg-6

Anônimo disse...

É lamentável o erro ortográfico nos livros escolares, uma vez que, até em um programa simples, como o Word, é possível fazer correção ortográfica. Como disse é lamentável, porém até muito comum em outras literaturas. Mesmo assim imperdoável, uma vez que compramos algo, queremos qualidade. Crianças precisam ser alfabetizadas com o correto, já não bastasse o português escrito de forma errada em redes sociais, e sejamos sinceros, se formos analisar até os comentários aqui escritos, também existem muitos erros de ortografia. Inclusive os meus.
Não estou defendendo ninguém, muito pelo contrário. O que me chama muito a atenção, são os compartilhamentos sobre esse fato, que acaba sendo nada, frente a tantos outros escândalos que andam acontecendo. A imprensa local, não irá noticiar, nem os erros passados gravíssimos, nem os atual. Elegeram o erro ocorrido no livro (sim é grave) e não dizem absolutamente nada sobre as condenações, ou sobre outros problemas mais graves na cidade.
Quanto a educação em Jundiaí, lembro-me claramente de um carro de som do LFM pelo centro de Jundiaí com um rapaz ao microfone dizendo em alto e bom som: A educação em Jundiaí é excelente, AS CRIANÇA NÃO VAI TER PROBREMA em entrar nas faculdades. Lembro-me claramente de um senhor ao meu lado dizendo: Esse com certeza não foi beneficiado pela excelente educação da cidade. O caso é muito sério, participei de uma avaliação nacional do governo para avaliação do ensino, e fiquei em uma cidade vizinha, as crianças do terceiro ano (antiga segunda série) não sabem ver as horas em relógio digital (contido na parte de matemática em relação aos números) e muito menos interpretar histórias em quadrinhos, ou seja, a educação em Jundiaí nunca foi referência e dificilmente o país será referencia em educação.

Anônimo disse...

Não que o pessoal do serviços públicos estão boicotando o banana é falta de dinheiro mesmo.

Anônimo disse...

O bailarino saiu hoje no JC dizendo que ira fechar parceria com grupo estrangeiro de ballet ,acorda bailarino sua secretária não tem condições nem de fazer os eventos fuleiros que seus diretores fazem ,vai você também fazer Jundiaí ficar mal vista com os estrangeiros acorda .......

Anônimo disse...

Show do Sérgio reis quantos mil reais estão sendo gasto ,reparem no panfleto tem uma cousa em comum com o do Almir Sater ,a dupla que abrirá o show e a mesma e por coincidência muito amigos do contador de causos ,me fizeram que o Sérgio Reis não estava afim de divisor o palco com a dupla mas ai o contador de causos de um jeito .

Anônimo disse...

o bailarino curte mesmo é um restaurante.já está num pas-de-deux com outro aí.

Anônimo disse...


Tá ficando gordo o homem!
Parece um Padre!!!

Sim... daqueles que almoça e janta na casa de paroquianos!!!

Anônimo disse...


Senhores, sou prestador de serviços, e tenho trabalhado ultimamente pelos lados da Malota.
A prefeitura além de passar asfalto, em cima de asfalto, naquela região, também asfaltou o local de estacionamento particular, do Mercado Pirana. "Juro por deus" que é verdade, é só conferir

Anônimo disse...

Voltando ao assunto da educação na nossa cidade o que mais chama a atenção é que a neta do nosso secretário da educação estuda em escola particular. Acho que ele não confia muito no trabalho dele né?