sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

RESGATANDO A VERDADE ! ! !

Depois dos acontecimentos dos últimos dias que culminaram com a destituição do prefeito e de seu vice, algumas coisas precisam ser colocadas em seus devidos lugares. 1) O juiz Baptista Pereira cedeu uma liminar em alguns segundos a respeito de uma ação de quase 2.000 páginas; É claro que o referido juiz nem leu a ação para conceder a liminar. Ficam as perguntas: Por que ele não leu ? Ora, um juiz não está alí para julgar ? Esta história de "Periculum in mora" é conversa fiada. O que interessa é que seja feita justiça, demore o tempo que demorar. Quais foram os argumentos irrecusáveis apresentados, pelos cassados, ao juiz do TRE ? Na realidade ainda existem muitas coisas sombrias pelos corredores lúgubres do judiciário brasileiro. 2) O prefeito interino Miguel Haddad diz que está sendo feita uma injustiça contra ele; Injustiça é ele ter lançado o DAE em uma dívida de quase R$40 milhões com a transformação em S/A. Injustiça é ele ter jogado no lixo R$70 milhões no inútil SITU que não funciona. Injustiça é ele ter aterrado lagos e nascentes de água para realizar um loteamento seu ao lado da CBC, aos pés da Serra do Japi. Injustiça é o PSDB usar o dinheiro do PAC para realizar obras que valorizaram empreendimentos imobiliários de alguns tucanos. Injustiça é o então candidato Miguel Haddad usar a máquina pública, comprar votos, abusar do poder econômico e manipular a imprensa para vencer a eleição. Isso sim é injustiça. O que tem acontecido em Jundiaí é o fato de a justiça eleitoral estar cumprindo a lei com bases jurídicas sólidas, diferente do TRE que tem cedido liminares sem fundamentação jurídica nenhuma, o que é nulo perante a Constituição Federal. Apenas isso. 3) Ainda disse o prefeito interino que está sofrendo perseguição política, o que afeta a governabilidade da cidade; Bem, a governabilidade de Jundiaí está afetada há 20 anos, onde, neste período, os interesses particulares estiveram, via de regra, acima do interesse público. Quanto à perseguição política, o ex-governador Paulo Maluf falou a mesma coisa quando foi preso junto com seu filho. Oras bolas, desde quando cumprir a lei é perseguir alguém ? Isso é baboseira tucana. Enfim, é preciso ficar claro o seguinte: Os 2/3 da população que não querem mais este grupo de coronéis que aí está, não irá descansar um segundo sequer enquanto esta cidade não ficar livre destes podres poderes políticos que nos governam há duas décadas. A justiça começou a ser feita na cidade nas eleições de 2008 e terminará de ser feita quando Jundiaí ficar livre para sempre destes governos tucanos pífios, o que está bem perto de acontecer.

23 comentários:

cesar tayar disse...

Tive de recusar alguns comentários. Pediria aos amigos blogueiros que dessem uma maneirada nas palavras senão o brimo aqui vai responder a mais alguns processos. rsrsrsrs

Comunista do PCdoB disse...

Tayar:
Você acha que o Serra vai largar o osso? Nenfo! Enquanto houver interesse apaniguar a situação, desviar o foco do que realmente estão fazendo, os otários, digo, eleitores do péessedeubola, ficam comprando jornaleco do Cidão para se informarem. Morau da istória: nem só de jjc, bundinha e ráldios das manha(ã)s vive us pulítico. Que saldadis tenho do PPP (Jornalista que passou por todas essas máquinas),Paulo Pacheco de Paula, que ensinou no deserto. Ele sempre cantava: joga jj na Geni! Joga jj na Geni! Porquê, à época, era a maior bosta que havia. Agora apareceram outros, mas a Geni já não se importa: é só pagar bem que ela dá para qualquer um!

priscila disse...

Acabei de ver uma materia onde diz que o PSDB não dara mais apoio ao PMDB mas sim ao PT então o que meu amigo disse era verdade sinto um fedo no ar.Acho que a Alda que se cuida pois quem me garante que estão articulando limpar a barra dos PSDEBISTAS que estão com a corda no pescoço.Engraçado quando a justiça não da um parecer favorável a eles daí é injustiças,mas quando ferra os outros é justo,macaco senti em cima do rabo e olha os dos outros.

Anônimo disse...

óhhhh que legal. Vc tem razão no que escreveu Tayar. Mas e daí, será que é só de processos no judiciário que vive a oposição? Não irão articular um tablóide denunciando essas obras do PAC em vias que beneficiam os "poderosos"? Não irão promover abaixo-assinados para uma iniciativa popular para, digamos, requerer novas eleições... mesmo que não se aplique tal projeto... vamos mandar para os jornais da capital, para o TRE, etc... se não for feito isso então ficaremos a assistir o jogo da tolerância: daqui ha 3 meses ninguém mais vai lembrar desses casos no judiciário, a coisa vai enrolando e é disso que os tucanos gostam, ganhar tempo, vencer pelo jogo da paciência.

Tio disse...

Toda jornada começa em algum lugar. A nossa começou em 18 horas com o interino fora do 8º andar.

Vamos lá JUNDIAÍ,

ACORDA!!!!!!!

Graúna disse...

De perseguição política os tucanos entendem muito! Afinal, é uma das coisas que eles sabem fazer melhor.
Coitadinhos.

Graúna disse...

Só que tem uma coisa amigos, os caras são poderosos, tem muita grana e são apadrinhados. Isso é coisa de "gavião graúdo". Melhor por as barbas de molho...Quem diz que dinheiro não compra tudo, é porque não conhece os endereços certos! A luta continua.....

Anônimo disse...

parabéns amigo TAYAR,suas palavras nos dá mais estímulo,para continuar na luta,mas uma coisa eu te digo,pode contar sempre comigo para o que der e vier.Chegará o dia em que baniremos essa matilha de nossa amda cidade!pinduca na área.

Anônimo disse...

Tayar, o negócio é tão escancarado que não precisa nem comentar.
O tal juiz Baptista Pereira não deixa dúvidas que as suas atitudes são acima de tudo políticas.
A TV TEM é um vergonha nacional, além de ser fraca se comparada a outras filiadas, faz um jaba político de péssima qualidade, eu que um dia acreditei na seriedade deles, qta ingenuidade.
O medo maior da corja não é perder cargos, mas sim da auditorias que virao a ocorrer, de toda a merda enterrada em baixo do paco municipal, é isso que tira o sono desta cambada de parasitas.

Anônimo disse...

Na verdade, o PSDB (Partido que sabe Disfarçar Bem)já está ficando tranquilo. Estão apenas em compasso de espera, pois sabem que o mandato do Juiz Stradioto acaba agora em Fevereiro e o próximo... bem, o próximo tudo bem.

Anônimo disse...

O QUÊ???????O JUIZ SAI EM FEVEREIRO???????????E , AÍ FUDEU??????,MAS O PRÓXIMO JÁ,JÁ SABERÁ QUE TEM UMA GRANDE PARCELA DA POPULAÇÃO QUE ESTA REVOLTADA,É BOM QUE O PRÓXIMO FIQUE ESPERTO PRA NÃO SOFRER AS CONSEQUÊNCIAS!!!Não adianta tucanada"VOCES ESTÃO À SOLTA.!MAS NÓS,ESTAMOS CORRENDO ATRÁZ!.........pinduca

KALANGO DOIDO disse...

O que isso César! Onde estão meus comentários? O que comento aqui ser visto também em meu blog.

Anônimo disse...

Graúna, é alguma (in)direta?

Graúna disse...

Pois é gente. Tá no D.O. a transferência do Juiz Marco Aurelio. Temos mais informações a respeito???? Agora vai ferrar de vez. Com certeza vão trazer um tucano pra substituir.

cesar tayar disse...

Amigo Kalango Doido, não recusei nenhum comentário seu. Deve ter havido algum problema na sua postagem. Coloque seu comentário novamente, por gentileza.

Anônimo disse...

Na lista de sequência de juízes, o próximo é o Garibe

Anônimo disse...

GRaças a Deus é o Garibe, um cara centrado!!!

Anônimo disse...

Foi transferido a pedido ou é a alternância normal??? Alguém da área esclareça, por favor!!

Anônimo disse...

Este negócio de transferência é conversa mole dessa tucanada. Os juízes tem a chamada "inamovibilidade", ou seja, um juiz só é transferido se ele quiser.

Anônimo disse...

Ô senhor Cesar, tenha a dignidade de tirar o comentário acima, porque não condiz com a realidade! A inamovibidade do juiz existe sim, mas no juízo eleitoral fica só por dois anos. Assim foi com esse, assim é com TODOS!! Ou seja, ia sair do eleitoral fosse ele, fossse qq um, destituísse Miguel ou não. Certo? Juristas e advogados de plantão, pesquisem e nós ajudem!!!

Graúna disse...

Vixi mãinha! Tem certeza que o adjetivo é "centrado"?

Anônimo disse...

ok, equilibrado.

Marcos Congílio Jr. disse...

Mas se ficou demonstrada a corrupção do prefeito, porque ele ainda não está na cadeia?