terça-feira, 11 de novembro de 2008

JUNDIAÍ - UMA CIDADE MUITO FAMILIAR ! ! !

7 comentários:

Anônimo disse...

O PIOR DE TUDO É SABER QUE ELES SÃO CATÓLICOS, MAÇONS E PAIS... ISSO QUE É DURO. AHH E ADVOGADOS TB...TEM ATÉFILHO JUIZ...ESTAMOS FÚ MESMO

Anônimo disse...

APÓS AS ELEIÇÕES...

EM JUNDIAÍ (publicado no JJ)
12/11/2008

DAE aumenta água e esgoto em mais de 15%
ARQUIVO JJ Superintendente da DAE diz que reajuste será de 15,4%
Foi só passar o período de eleições que os reajustes começam a aparecer. O primeiro se deu na tarifa de ônibus do Sistema Integrado de Transporte Urbano (Situ) e agora será nas taxas de água e esgoto.

Com exclusividade, o JJ Regional conseguiu ontem as informações da DAE. As novas tarifas de água e esgoto, que serão aplicadas a partir do dia 13 de dezembro na cidade, sofrerão aumento de, em média, 15,4%, sendo o reajuste da água de 15% e o de tratamento de esgoto 16,78%.

O último aumento foi anunciado em novembro de 2007, quando a água sofreu reajuste de 11% e o tratamento de esgoto em 4%, uma média de 9,7%. Em 2006, os valores foram de 18,5% para água e 5,48% para tratamento de esgoto, com média de 15, 29%.

O superintendente da DAE, Eduardo Palhares, informou que o reajuste da tarifa de água é baseado em dois fatores: custeio e investimento. O custeio são despesas da empresa para continuar servindo a população com abastecimento de qualidade e os investimentos referem-se ao objeto da DAE, novas obras, ampliações, remanejamento de redes, duplicação da represa e outras previsões.

Já a tarifa de esgoto é reajustada por meio de uma cesta de índices definida no contrato de concessão, na qual são consideradas as variações de índices de IGP-M e IGP-DI, energia elétrica e mão de obra. "É preciso ressaltar que todo mês de novembro a gente anuncia os reajustes referentes ao ano que se passou", explicou.

O acréscimo será sentido no bolso somente nas contas com vencimento a partir do dia 6 de fevereiro de 2009, segundo a DAE, já que a leitura com os novos valores será feita entre os dias 13 e 14 de janeiro.

"As contas com vencimento a partir de fevereiro de 2009, com consumo mínimo de até 10 m³, terão valores em reais de R$ 23,71, ou seja, um aumento de R$ 3,16 com relação à vigente atualmente", explicou Palhares.

Segundo ele, Jundiaí é uma das poucas cidades do Brasil que tem 97% do esgoto coletado e afastado e 100% do coletado é tratado e comprovado pelo Instituto Trata Brasil. "Com relação aos demais municípios da região, a DAE continua com uma tarifa mínima (faixa até 10m³), na categoria residencial, abaixo das praticadas pela Sanasa em Campinas e equivalente à tarifa da Sabesp em Várzea Paulista, Campo Limpo Paulista e Itatiba", completou o superintendente da DAE.

A tarifa da Sanasa para consumo residencial até 10m³ é de R$ 28,22, ou seja, 19% a mais que a nova taxa que será cobrada em Jundiaí. Já a Sabesp possui uma tarifa de R$23,52, 1% menor que a nova tarifa da DAE.
ALINE PAGNAN

KALANGO DOIDO disse...

HAVERÁ UMA NVA RODADA DE PIZZA NA CÂMARA!!!

Os nossos combatíves Edis, somente resolveram chamar o Dianin depois que o aumento repercutiu mal, pois deveriam ser os primeiros exigirem e não aceirem tal descalabro. Mas todos nós sabemos que essa reunião será a inglês ver, assim como foram tantas outras. Afnal em time que está $$$ganhando$$$ não se mexe. Como sempre disse, na nossa câmara não há e nem haverá oposição, pois é formado por oportunistas em buscam de benefício próprio!

Anônimo disse...

-Sabe aquela história do Lampião Paulista, dizem que essa história está totalmente invertida, que na verdade o acusado é a vitima, tem advogado criminalista de alta patente afirmando que esse epsódio vai ter uma reviravolta.
-Muita Gente vai morder a língua !

Anônimo disse...

Desde final de Outubro que as escolas estaduais estão funcionando em sistema de rodízio.
Todo ano a mesma coisa. As professoras faltam alternadamente, a partir de outubro. No final de Novembro param de vez e só voltam depois do carnaval.Voltam assinar ponto, mas levam uns dois meses para esquentarem os tamborins....Depois elas adiantam os feriados. Feriado no meio da semana é adiantado para segunda feira, mas no dia do feriado, elas faltam também que não vão trabalhar no feriado, os dias que sobram elas emendam na tal da ponte.Entre dias parados para feriado dia disso e daquilo e "reuniões", vão levando a escola nas pontes.
Ponte que liga a falta de vergonha com a falta de fiscalização. Nessa escola imoral e falida os alunos que sobraram, trinta por cento, fazem a prova para determinar o quanto os professores merecem de bônus.
Se fosse somar a nota dos trinta por cento dos alunos sobreviventes aos ZEROS dos alunos expulsos e desistentes sob livre e expontânea pressão, a escola se manteria no nivel de zero, vírgula alguma coisa.
Pior é que alunos expulsos e desistentes continuam na lista das escolas, são os fantasmas que mantem a escola boa. Que para mau professor aluno bom é aluno ausente....
E nessa onda vem o Governo de São Paulo, dividir os bilhões que sobraram da escola, entre os professores avaliados por um exame altamente questionável
O SARESP por sí já é uma aberração, e feito de modo fraudulento é o representante maior do APAGÃO EDUCACIONAL DO ESTADO DE SÃO PAULO...

http://cremilda.blig.ig.com.br

Cremilda Estella Teixeira disse...

SUPLICY, SONINHA FRANCINE, MARIO SÉRGIO CORTELA, cadê vocês?O Suplicy sensibilizado com a expulsão da aluna na Uniban, vai dar uma palestra lá. A Soninha Francine, e Mário Sergio Cortela também hipotecaram solidariedade com a aluna expulsa da Uniban.
O Suplicy senador, a Soninha combativa vereadora de SP, o Mario Sérgio Cortela é na minha opinião reserva moral do Estado de São Paulo e ex Secretário de Educação da gestão Erundina. Mário Sérgio é também filósofo, um filósofo é aquele estudioso que enxerga além do óbvio….
Interessante que não tive nenhum apoio e nenhum pai também não, quando ocorre violência contra aluno de escola pública, e que ocorrem todos os dias.
Só porque a Geisy virou notícia internacional ?
Quem sabe se entres os desvalidos dos bolsões de pobreza e da periferia de São Paulo e interior, não está uma pessoa com o mesmo potencial do Lula. Quem sabe quantos futuros brilhantes a intolerância da escola expulsou por serem pobres e questionadores?
A escola pública de São Paulo viola os direitos humanos dos alunos duas vêzes, quando chama a policia para eles, e entre eles alunos de sete anos. Violência de dois agentes do poder público professores e policiais.
Cadê os direitos humanos ????
Onde estão vocês, agora que seis famílias estão desesperadas por conta de violência contra seus filhos acontecendo na Emef Marechal Deodoro da Fonseca em SP?
Onde estavam vocês quando o professor chamou o aluno de bicha, a SEE achou natural e o professor foi promovido a Coordenador Pedagõgico na E.E.Adelaide Ferraz de Oliveira?
O aluno teve que mudar de escola tres vêzes para fugir do professor que insistia em ir atrás do aluno para persegui-lo?
A averiguação é simples e precisa. Só ir em qualquer escola de periferia e falar com os poucos alunos que sobraram e perguntar onde estão os outros?
Mas tem que ser na sala de aula, que na lista da escola estão todos lá, certinhos, matriculadinhos, mas frequentando, não estão mais….
Será que para merecer a defesa e ser sujeito de direitos, o aluno tem que ser mulher, loira e com uma beleza exuberante, de preferência quando o caso estiver bombando na mídia?
SUPLICY, SONINHA FRANCINE E MÁRIO SÉRGIO CORTELA, cadê vocês

Cremilda Estella Teixeira disse...

Onde estavam os professores???Dizer novamente que a grande imprensa é pedófoba, nem precisa. Todo dia temos provas disso. Mais ainda: compram o discurso da má escola e dos maus profissionais… e que a culpa é sempre dos pais. Tudo de ruim que acontece na escola a culpa é dos pais???

A culpa da escola ser violenta, corrupta e não ensinar nem o básico é culpa dos pais… também dos pais… mas a culpa relativa. Os pais não cobram e não são solidários entre si…

Uma aluna, lá do Maranhão, é filmada fazendo strep tease dentro de uma sala de aula… e sem nenhum adulto por perto.

O vídeo é mostrado na Rede Record… e a apresentadora pergunta onde estão os pais dessas crianças… Para ela, os alunos estarem sozinhos na sala é culpa dos pais…

A pergunta dela seria simples e fácil de responder:

OS PAIS ESTÃO TRABALHANDO, PARA PAGAR OS MAIS ALTOS IMPOSTOS DO MUNDO.

OS IMPOSTOS QUE PAGAM OS SALÁRIOS DAS PROFESSORAS, QUE AO INVÉZ DE ESTAREM NA SALA DANDO AULA, ESTÃO SABE DEUS ONDE.

A apresentadora devia perguntar: Onde estão os professores dessa escola ? Onde estão todos os adultos ???

Certo que os professores são organizados. Os sindicatos dos professores são poderosos politicamente e muito ricos.

Professor é a profissao mais bem avaliada pelos pais, só perdem para o corpo de bombeiros.

Professor é amado, respeitado, ganha bem e está organizado.

A situação do professor de escola ´pública é confortável, mas está na hora da imprensa mudar o rumo da prosa. Hora da imprensa lembrar que aluno é o futuro do Brasil e um futuro a curto, médio e a longo prazo.

Se a imprensa continuar pedófoba e acintosamente protegendo exageradamente o professor mesmo quando ele está errado, está desprotegendo todos.

Se só a educação tira um país do buraco, sem educação todos estaremos no fundo do poço, inclusive a imprensa.

Estamos a beira do maior apagão educacional, e não restará nem uma vela para ninguém.