sexta-feira, 6 de maio de 2016

PERIPÉCIAS TUCANAS ! ! !


O deputado estadual Luiz Fernando Machado, do PSDB, entre salários e benefícios já recebeu, de janeiro até abril desse ano, a quantia de uns míseros R$ 180.827,67. Isso mesmo. E com direito a 19 faltas.

Prestem atenção a alguns detalhes interessantes sobre o parlamentar.

O deputado gasta todo mês R$ 8.000,00 em consultoria. Oras bolas, he he he he, consultoria sobre o quê ?

Em Locação de imóveis o custo é de R$ 4.100,00 por mês. Gastos com moradia são mais R$ 2.850,00 mensais. Porém uma coisa nos intriga: Estas contas juntas somam R$ 7.000,00 por mês, só com habitação.

Entendemos então que ele mora em São Paulo, não é mesmo ?

Porém, caros amigos, ele gasta R$ 2.460,00 de pedágio todo mês.

He He He, que coisa hein ?

Todos esses dados foram retirados do próprio site da ALESP.

Mas o pior é que o deputado baiano-jundiaiense não trouxe nenhum benefício para Jundiaí em seu mandato, além de ter se recusado a assinar o requerimento de abertura da CPI da merenda na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo. Uma clamorosa vergonha !!!

10 comentários:

Anônimo disse...


Eu gostaria de saber:

E quanto ele gasta para sustentar o falido JC?

Anônimo disse...

Esse deputado me faz lembrar deste cara:
https://www.youtube.com/watch?v=2Z4m4lnjxkY

Não diz nada.. Só trololó...

Anônimo disse...

Por onde anda o radialista que beijou lula?

Anônimo disse...

Vai um funcionário público concurso faltar um dia, perde tudo feri as s prêmio, descontado o dia no salário etc etc

Anônimo disse...

A gente fica olhando essa política nossa e dá vontade de vomitar. pqp......

Fernando Zingra disse...

USP REBAIXADA COMO UMA DAS PIORES UNIVERSIDADES DO MUNDO. PSDB E A DESTRUIÇÃO DO ENSINO PÚBLICO PARA PRIVATIZAR E ENTREGAR ÀS ÁREAS A ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA.

Não pensem que isso é por uma péssima administração, pois é um grande plano do PSDB de derrubar, de destruir as escolas públicas para privatizar. O estado de São Paulo, tem a cada ano diminuído investimentos e incentivos nas áreas públicas, pois tem interesse em que tudo seja privatizado, não por uma questão de melhorias, mas sim para atender pedidos de amigos e seus financiadores de campanhas, grandes grupos econômicos ligados a educação privada. Entram também as áreas super valorizadas onde se localizam universidades e escolas, o que também é do interesse da especulação imobiliária, áreas compradas a preço de banana e transformadas em condomínios milionários, como é o caso recente em Jundiaí do Instituto Agronômico, que o governador já disse que irá vender, quer dizer, deixou ao leu, sem qualquer investimento e agora vem com o discurso que passou a ser absoleto e que o estado precisa de dinheiro, quando na realidade eu já tinha informações que certo político e uma grande empresa de especulação imobiliária que o financia, desde 2007 já articulavam para que essa área fosse vendida e a adquirissem para a implantação de um dos loteamentos mais sofisticados de Jundiaí, pois a sua valorização será astronômica, visto que está a beira das rodovias Bandeirantes e Anhanguera e ao seu lado o aeroporto. Vale informar que eu, Fernando Zingra e Cesar Tayar saímos na frente em defesa do que é público, e pelo fim da corrupção e estivemos nessa quinta, 05/05, reunidos com o promotor do meio ambiente de Jundiaí, Dr. Claudemir Battalini, para discutirmos alternativas e meios para evitarmos sua venda e a reativação do centro educacional, não deixando que vá para as mãos de especuladores imobiliários. Vimos que o interesse está muito grande sobre essa área, pois já há até lobos em pele de cordeiro falando em proteger, mas com a clara finalidade de que venha para as mãos deles e não de grupos de fora. Podem enganar parte da população, mas não a Eu ou Cesar Tayar.

Ontem foi notícia que a USP, uma das mais respeitadas universidades brasileira, está classificada hoje entre as piores do mundo, pois foi rebaixada 40 posições, a USP está instalada em uma das áreas mais valorizadas de São Paulo, área que poderia comportar vários condomínio comerciais e residencias de alto luxo. Em 2010, professores da USP já denunciavam que o reitor ligado a Serra-PSDB, articulava para a privatização, em 2014 alunos e professores paralisaram a entrada da USP, para informar o sucateamento das universidades paulistas pelo PSDB e a privatização indireta por esses atos do Governo, e em 2015, Geraldo Alckmin diminuiu drasticamente o envio de recursos para a USP, UNICAMP e UNESP, tudo com a clara finalidade de quebrá-las!!! Continua..

Leiam a matéria na integra em meu Blog.

http://fernandozingra.blogspot.com.br/2016/05/usp-rebaixada-como-uma-das-piores.html

Anônimo disse...

César o Deputado ai em questão não é baiano..corrija essa coisa é patricio do Aécio e amigo de farofa

Anônimo disse...

Tem um tal Diretor na Secretaria de Serviços Públicos e junto ao bosta do lixão que parecem o Secretário...Calma Rodrigo Batalha...Acorda Agnaldo ele vai derramar teu leite

Rickpunkrashinish. disse...

EU QUERO A CABEÇA DO REITOR!

Anônimo disse...

Esse rapaz é maldoso..basta observar seu olhar..