segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

A POLÍTICA DO LUCRO ! ! !

A FUMAS - Fundação Municipal de Ação Social, vai lançar um lucrativo e enorme empreendimento imobiliário no loteamento Santa Giovana, região do Jardim das Tulipas. Este novo empreendimento chamado Condomínio Residencial Topázio, foi abençoado com os subsídios do programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal.

Apenas um detalhe bobo e sem importância: Este loteamento Santa Giovana é mais um empreendimento da construtora Santa Ângela, de propriedade da família Benassi e grande parceira de nossa prefeitura de Jundiaí através da FUMAS.

He He He, QUE COISA, HEIN ?

Confiram abaixo o resultado desta profícua e lucrativa parceria entre a construtora Santa Ângela e o governo Pedro Bigardi:

** CLIQUE SOBRE AS IMAGENS PARA AUMENTAREM DE TAMANHO **

15 comentários:

cesar tayar disse...

Dá muita dor em nosso estômago vermos este relacionamento íntimo entre o governo Bigardi e a família Benassi. Muita gente lutou anos a fio contra essa gente que se coloca como os donos de Jundiaí. Pessoas sofreram todo o tipo de pressão e ameaças. Muita gente colocou a sua vida particular em risco para que a cidade mudasse. Mas nada aconteceu. Muito pelo contrário, estão todos agora sentados à mesma mesa de negócios.

É uma pena tudo isso. O prefeito Pedro Bigardi, que em 2012 se elegeu colocando-se como o candidato da mudança, jogou toda a sua história política na lata do lixo ao se aliar com o que existe de pior na política de Jundiaí.

Agora não adianta mais nada. Inês é morta.

Terra Querida Jundiaí disse...

Boa tarde,
Você tem um e-mail?
Gostaria de mandar algumas informações de uso abusivo de viaturas da GM.
Tipo assim, faltando viaturas para atender a demanda e uns e outros utilizam para transporte pessoal de ida e volta para suas residências com motorista e tudo, ou seja, acredito que seja algum tipo de crime, não é?
No aguardo.

cesar tayar disse...

E-mail para contato: ctayar@bol.com.br

Anônimo disse...

Política é um grande balcão de negócios.

Pessoas fracassadas na vida privada profissional, veem na política um meio de sobrevivência, melhor, um meio de enriquecer.

Meu vô diz que o Benassi vendia o almoço para comprar a janta. E olha agora...

O outro era sustentado pela mulher, um engenheiro de m@#$%...e olha agora, morando no bairro mais caro da cidade.

Outros chegaram de Clio e hoje anda de caminhonete.

E daí que um é do PCdoB e o outro é do PSDB? Os interesses são convergentes? Então estamos juntos, de mãos dadas.

O povo? O interesse público?

Esse é o que menos importa.

Anônimo disse...

César, na verdade muitos já haviam avisado que o banana era isso que ele faz hoje na prefeitura. Em Campinas ninguém quer saber de ouvir falar seu nome. O Pedro sempre foi isso. Um mero oportunista. Jogou tudo para o alto. Até mesmo seus aliados ele fez chacota. Não só ele como tb aqueles que receberam seus cargos como prêmio. 2016 está chegando. Veremos se até com o apoio do verdureino ele irá se reeleger. O duro será ver os tucanos de volta ao oitavo andar e demais repartições municipais.

cesar tayar disse...

A verdade é que o nosso fígado já está saturado com toda essa sujeira. Não dá mais para vermos essa gente, que outrora eram adversários (era só na aparência) e hoje estão unidos pelos mesmos interesses econômicos e políticos. Dá vontade de vomitar.

É preciso promovermos uma ruptura política na cidade banindo todo esse estorvo da vida pública. Nós sabemos que é difícil pois eles tem muito dinheiro e poder político.

Mesmo assim é melhor morrermos lutando do que morrermos assistindo a este espetáculo dantesco que só nos enoja a todos.

A política de Jundiaí já bateu no fundo do poço. Cabe às pessoas de bem deste município promoverem esta tão necessária e urgente ruptura política para, quem sabe, deixarmos uma cidade melhor para as futuras gerações.

Essa luta é duríssima mas tem de ser feita. Já.

Anônimo disse...


Leia esta Dr. Tayar (está no facebook da Rádio Cidade).

"Luiz admite ser candidato

O deputado estadual Luiz Fernando Machado admitiu, na Rádio Cidade AM, que é candidato a candidato a Prefeito de Jundiaí.

Luiz terá que disputar a vaga no PSDB com Ricardo Benassi, da Construtora Santa Ângela, que tem apoio do tio, André Benassi.

No programa "Ação e Informação", o deputado fez duras críticas à Administração do prefeito Pedro Bigardi, que será candidato à reeleição.

O PCB, de Fernando Zingra e César Tayar, também pode lançar candidato a prefeito pela chamada "terceira via".

As eleições ocorrem em outubro. Atualmente, em Jundiaí, o Juiz eleitoral da 65ª ZE é o Dr. Dirceu Geraldini; da 281ª ZE é o Dr. Jefferson Barbin Torelli e da 424ª ZE é a Dra. Renata Vitagliano."

ACORDA JUNDIAÍ... a 3ª Via vem aí! Fernando Zingra e César Tayar!!!

Anônimo disse...

Tayar, ou a cidade se revolta ou essa gente vai ficar pro resto da vida na política.

Anônimo disse...

Ao anônimo das 09:40,

Eu vi essa reportagem, e parabéns ao Ivan por citar o César/Zingra.

Porém, como venho falando há tempos nesse blog, acho loucura os dois na mesma chapa. Sejamos realistas. Precisamos de um deles na Câmara de Vereadores. Um deles se elege com o pé nas costas, já para o Executivo a coisa é praticamente impossível.

Agora, de novo o Boneco de Olinda? Meu filho, você com essa assessoria petulante não se elege nem a pau.

Começe exonerando o tal Thiago, que ninguém suporta esse metido. É outro incompetente que se não fosse a política tava passando necessidades.

Anônimo disse...

Será que o verdureiro vai deixar o Bonecão ser candidato ? Duvido.....

Anônimo disse...

Benassi e Bigard estão juntinhos. Conheço pessoas próximas aos dois e o apoio é recíproco. Benassi obteve garantias de BIGARDI de que todas suas obras serão aprovadas na cidade. Soube também que, Luiz Fernando brigou com Benassi e disse que, se eleito prefeito, vai brecar todas as obras da Santa Angela na cidade e impor mais restrições ao plano diretor do município.

João Miguel disse...

Acho que por isso,não deixaram sair o condomnio do servidor no bairro do Poste.

Anônimo disse...

Cesar, louvável a iniciativa. Mas é preciso centrar esforços no que é ilegal e não no que é (ou parece) imoral. É preciso pesquisar antes de perder tempo e energia com algo que parece errado mas é correto de acordo com a legislação em vigor.
O loteamento Santa Giovana foi aprovado como "de interesse social", algo que está previsto na lei 7858/12 que rege a ocupação imobiliária na cidade. Assim foi possível implantar lotes de 150m2 quando o mínimo seria de 250m2. Catapultou-se o aproveitamento do loteamento. Mais lotes menores, maior lucro. Só que em contrapartida há a obrigação de o empreendedor ofertar uma porcentagem dos lotes gerados para serem negociados através da Fumas, com valores limitados com relação ao custo do lote (lucro) inclusive. Está tudo lá no texto da lei. E foi isso o que foi feito.
Fazer esse carnaval por causa disso é perda de tempo. Tá tudo dentro da lei. Alguém tem que buscar essas informações antes de publicar aqui para não correr o risco de cair em descrédito.

cesar tayar disse...

Caro amigo das 11:02 - Em nenhum momento dissemos aqui que o loteamento é ilegal. O objetivo do post não era esse. Quisemos mostrar que o prefeito Pedro Bigardi e o ex-prefeito André Benassi estão juntos, abraçados e rezando na mesma cartilha.

Este fato é pior do que se o loteamento estivesse ilegal, ou seja, Bigardi e Benassi juntos significa que vivemos em Jundiaí a política do vale tudo onde os negócios estão acima do interesse público.

Isso é um lixo.

Anônimo disse...

Tem "angu de caroço" nesta parceria do TOPÁZIO (95 aptos) na primeira torre, 2ª com 124 aptos e 3ª torre com 94 aptos. Esta 1ª torre aprovado compra para quem tem renda de R$ 2.800(3 SM) até R$ 8800,0 (10 SM), incluir isto no "minha casa minha vi(divi)da"???? A Santa Ângela com certeza pressionou para venda desta torre para pessoas neste nível - fora do estabelecido para MCMV -, daí incluir outras com renda menor???? Aí tem!!!! Será que passará as outras 2 torres a outra construtora como fez com condomínio dos metalúrgicos, onde levaram dinheiro e quebrou as construtoras que assumiram?