segunda-feira, 3 de novembro de 2014

INEXPLICÁVEL EDUCAÇÃO ! ! !

Imprensa Oficial do Município

Data: 31/10/2014

Contratante: Prefeitura do Município de Jundiaí

Contratada: Planeta Educação Gráfica e Editora Ltda.

Processo n° 24.063-1/13

Assinatura: 29/10/2014

Valor: R$ 17.748.028,08

Objeto: PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS COMPREENDENDO PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO, NAS ÁREAS DE METODOLOGIA DE APRENDIZADO DINÂMICO, GESTÃO EDUCACIONAL, ESCOLA TOTAL, PROGRAMA FAMÍLIA-ESCOLA, MONITORAMENTO ESCOLAR E PORTAL EDUCATIVO WEB.


Como é gostoso torrar dinheiro, é ou não é ? Pensa assim também o nobre secretário de educação, Durval Orlato. Vão gastar módicos e míseros R$ 18 milhões nesta terceirização de serviços educacionais. Seria isso necessário ? Oras bolas, a nossa secretaria de educação tem 3.500 funcionários e dezenas de cargos de confiança. Será que não há ninguém que poderia desenvolver estes projetos ? Então o atual desgoverno nomeou todos estes cargos de confiança para quê ? Pois é. Enquanto caminha esta administração perdulária, falta tudo na rede. Sem dizer que as crianças continuam chegando à 5ª série como analfabetas funcionais, ou seja, sem saber ler e nem escrever corretamente, assim como ocorreu nos 20 anos nefastos de domínio do PSDB. Desta forma, a rotina deste intragável modelo político falido que prevalece há quase 22 anos no município continua. Pobre Jundiaí.

15 comentários:

Anônimo disse...


Novo Paulista será apresentado hoje(3) às 18h30, com nova diretoria!

Incentivados por parte da imprensa e alguns torcedores fanáticos, estarão reunidos, nas dependências do Estádio “Jaime Cintra”, ilustres personalidades da sociedade Jundiaiense e região, quando deverá ser anunciada a diretoria do” Novo Paulista”, empresa sem fins lucrativos(?), criada, para gerar fundos e auxiliar na administração do Clube.
Foram convocados: o médico Marco Antonio Dias, o desembargador Márcio Franklin Nogueira, o comerciante Getúlio Nogueira de Sá, o cartorário Luiz Roberto Raymundo, o comerciante Milton De Marchi, o desembargador Cláudio Antonio Soares Levada, o comerciante Vanuil da Rocha Pereira, e outros.

Perguntas que não querem calar: GOSTARIAMOS DE SABER !!!

1.Qual o montante atual das dividas do Paulista FC?

2.Como ficam os mais de 100 (cem) processos trabalhista do Clube?

3.Das Responsabilidades Cíveis dos novos e velhos Dirigentes Esportivos, principalmente em consonância com o trabalho aqui anexado:
http://reginapedroso.jusbrasil.com.br/artigos/121944193/responsabilidade-civil-do-dirigente-esportivo ?

4.Novos e velhos dirigentes irão continuar a “negociar” a venda, troca e contratação dos velhos e novos profissionais?

Anônimo disse...


Dr Cesar Tayar, atento ao considerado texto em seu blog, referentes aos casos da Educação e Paulista, eu pergunto:

Esses "módicos e míseros R$ 18 milhões" da prefeitura, não poderiam ser revertidos em benefício do Paulista FC ?

Anônimo disse...


Fiquei atento ao trabalho aqui apresentado, ref:
http://reginapedroso.jusbrasil.com.br/artigos/121944193/responsabilidade-civil-do-dirigente-esportivo

"Caberão às leis e à Justiça Civil e Desportiva a delimitação e aplicação correta de suas normas, mas caberá aos interessados a intervenção no sentido de coibir abusos e lutar pelos seus direitos frente ao dano direto ou indireto, moral ou patrimonial causado pelas entidades de prática desportiva e atletas dentro ou fora do ambiente competitivo."

Pois é Tayar, é muito complicado fazer parte de uma agremiação esportiva, o senhor não acha?

Anônimo disse...


Olha esta Dr Cesar!

Do facebook da Rádio Cidade:

"URGENTE
HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PODE FECHAR AS PORTAS

Médicos do Hospital Universitário de Jundiaí pediram demissão em massa. Eles mandaram carta ao prefeito Pedro Bigardi porque não dá mais para trabalhar sem reajuste nos salários e sem repasse de 300 mil reais por mês para manutenção do Hospital. Desde abril a Secretaria de Saúde não manda o dinheiro para o hospital, de acordo com a "Radio Cidade" e o H.U. pode fechar, informou a emissora."

Anônimo disse...

Com relação ao montante da dívida do Paulista era gira entorno de 27 milhões de reais.
Qual o interesse desse grupo, não sei,falar de paixão pelo clube, duvido,pois,o máximo de torcedores que frequentam os jogos gira algo em 600 torcedores, o futebol amador atrai mais espectadores.
Não sei se foi feita uma auditoria no clube mas, ela se faz necessário e saber onde foi parar o dinheiro de vários atletas que foram revelados pelo clube( nenê, Arthur,Thiago,Tabata,Victor,Rever e outros....
Achar que vai resgatar os torcedores,difícil,os que realmente gostavam do Paulista morreram, hoje o Paulista em nível de transmissão esportiva da prejuízo,no máximo 50 pessoas ouvem as transmissões.
Sinceramente, não sei qual é o objetivo, esse grupo com gente de alto nível cultural e financeiro deveriam apresentar um balancete a todos os jundiaienses , com a situação real do clube, onde foi parar o dinheiro e que os culpados sejam apresentados a todos.
Assim ganharia credibilidade, sem apresentar os culpados pela situação do clube nada acontecerá, Jundiaí ainda é uma cidade tradicional que respeita seus valores, todos aqui,falam o nome de quem pegou e afundou o clube, então, querem credibilidade, apresentem o ou os culpados aí á uma chance da cidade abraçar o time, do contrário, esqueçam.

Anônimo disse...

Um monte de pangaré na educação e tantos outros bons educadores ligados a própria administração deixados de fora. O resultado é esse.

Anônimo disse...


Apenas uma lembrança:

Que tal convidar-mos o jornalista Aelson Pavão e o radialista Dílson Feddo, para fazerem parte da diretoria do Galo?

"CHUPA QUE A UVA É DOCE !!!"

Anônimo disse...



Segundo o comentário de 3 de novembro de 2014 14:13, 27 milhões de reais, pagam a dívida do Paulista.

Solução:

Entrar em entendimento com o "venerável" ZÉCA PIRES, e solicitar seja o Estádio "Jayme Cintra", desapropriado, com predominância de uso ao Paulista, para treinos e apresentações!

Anônimo disse...



Oi Cesar, você se lembra da época em que o Paulista fazia bingo no Jayme Cintra, pois é, até agora não entregaram os quatro carros para o ganhador (Latore)!

Anônimo disse...

O buraco é bem mais fundo do que se imagina.

Anônimo disse...


É isso mesmo torcedor, "O buraco é bem mais fundo do que se imagina"

Bom foi o tempo em que Bento Figueiredo, Nelson Moraes, Wanderley Pires, Octávio Sanguini, José Salles, Tolmino Fabricio, Antônio de Almeida, Roberto Pichi, Antônio Segre, e outros, no passado, ajudaram o tricolor, sem olhar a quem ($$$)!

Anônimo disse...

PQP...essa prefeitura abre licitação para contratar serviços que os próprios funcionários de carreira ou comissionados poderiam ou deveriam prestar. Enquanto isso, o HU pode fechar por falta de verba.

Lembrando que o comissionado teria que ter alguma qualidade específica para ser contratado, e não como moeda de troca caralho.

PQP...o Banana e seus cumpanheiros vão quebrar a prefeitura.

Fernando Zingra disse...

A FALÊNCIA DE UM GOVERNO FRAUDE, O GOVERNO PEDRO BIGARDI- DURVAL ORLATO!!!

MÉDICOS PEDEM DEMISSÃO EM MASSA DO HU, POIS DESDE ABRIL, O HOSPITAL NÃO RECEBE DINHEIRO!!!

Não tem dinheiro para o hospital, mas queriam alugar carros de luxo e blindados!
Esses governo fraude está tirando uma com a cara do eleitor jundiaiense!
Passamos 20 anos para tirar um governo que não prestava, e esse incapacitado consegue destruir todo esse trabalho em menos de dois anos!!!
Pedro Bigardi, faça um favor a Jundiaí: SE RETIRE!!!

Anônimo disse...

A BEM DA VERDADE !

O Sr. Luiz Latorre, industrial e digníssimo ex-prefeito, realmente
foi contemplado com um veiculo rifado pela diretoria do Paulista,
na década de 1970. O prêmio era um Fusca que não lhe foi entregue. Contudo, êle nunca deixou de atender ao Clube, sempre que solicitado.
Quanto aos Bingos, nunca o Clube deixou de entregar seus prêmios.
Até os carros que foram temporariamente apreendidos, os ganhadores receberam em dinheiro.

Dr. Tricolino Rosso

Anônimo disse...

Novo Paulista......

Admiramos a disposição do grupo em permitir a sobrevivência de nosso centenário clube.

Enquanto houver movimentos desse tipo, como outrora houveram tantos outros, em épocas igualmente ou mais cruéis, o glorioso Galo não sucumbirá!

Trata-se de um patrimônio que deve ser preservado e que foi
construído com o trabalho de muitas gerações.
Quem é que não se lembra das
lutas, das caravanas, das con-
quitas, das rivalidades, dos sofrimentos......
Novo Paulista, confiamos em você
e em todas as pessoas,indistinta-
mente.
Brazão (in memorian)