quinta-feira, 23 de outubro de 2014

INTERMINÁVEL POLÍTICA DA ENGANAÇÃO ! ! !

Enquanto a prefeitura anuncia a inauguração do túnel da Ponte São João, que não vai melhorar em nada o já sobrecarregado trânsito daquela região, a população da Vila Progresso continua abandonada. O ex-prefeito Miguel Haddad e o atual prefeito Pedro Bigardi, que podem estar juntos na inauguração deste túnel que custou R$ 35 milhões ao erário, viraram as costas para a zona sul da cidade. O ex-alcaide tucano prometeu construir o PA na Rua Zuferey e nada fez. O atual, prometeu construir a UPA no mesmo local e até agora também ali nada fez. Promessas não cumpridas. Compromissos esquecidos. Projetos abandonados. Esta tem sido, e continua sendo, a tônica da política local. Candidatos bem vestidos, falando frases bonitas em época de eleição, comportando-se de maneira politicamente correta, mas que quando assumem vão tratar de seus próprios interesses políticos. O povo nessa hora é apenas um detalhe sem importância. Confiram as fotos sobre aquela fantasmagórica unidade de saúde.

O ex-prefeito do PSDB, Miguel Haddad, enganou a população da Vila Progresso prometendo e não concretizando a construção do Pronto Atendimento naquele bairro durante o seu mandato.

O atual prefeito, Pedro Bigardi, também está enganando toda a população da Vila Progresso pois prometeu a construção da UPA naquele bairro e o terreno da Rua Zuferey continua abandonado.

13 comentários:

Anônimo disse...

E tem mais Tayar, esse túnel foi construído abaixo do nível do rio. Se der uma chuva forte e acabar a energia, as bombas de sucção não vão funcionar e vai inundar tudo. Vai ser uma tragédia.

Analista Político disse...

Bigardi vai deixar a Prefeitura da mesma forma que entrou, debaixo de muita festa, alegria e ao som de rojões.

Estou curioso para ver o que ele vai falar na campanha, quais as realizações que ele vai mostrar....kkkkkkkkkkkk.

Uma chapa Tayar e Zingra não seria o ideal. Por que? Porque precisamos de um de vocês na Câmara Municipal. Um de vocês tem que se eleger VEREADOR, para ter mais voz, força política, etc.

Outra coisa, gosto de vocês, mas não da ideologia do partido de vocês. Pensem nisso também.

César, leve em frente a ideia do "jornal do beduíno". Divulgadores não vão faltar para entregar nas praças, nas casas, etc.

Anônimo disse...

QUANTAS PROMESSAS NAO FORAM CUMPRIDAS EM OITO OU MAIS ANOS DE MANDATO? VOCES SABEM DIZER OU SO DIZEM O QUE OS OUTROS COMENTAM?E QUANTAS PROMESSAS DO PREFEITO ATUAL NAO FORAM REALIZADAS?AGORA E SO FAZER AS CONTAS DE PORCENTAGEM EM DIAS DE ADMINISTRACAO DOS DOIS E VERAO UM INCRIVEL NUMERO DE COISAS PROMETIDAS PELA ATUAL GESTAO, CRITICAR E FACIL O DURO E NAO SABER FAZER

Anônimo disse...

Se naquela área fosse construído um condomínio, daí a prefeitura jogava um "asfaltinho" novo, assim como fizeram em frente ao prédio do Benassi (viva a liberdade de dizer certos nomes em blogs) na Rua Anchieta. E o local teria as benfeitorias necessárias. Mas UPA...deixa prá lá.

Anônimo disse...

Dá pena do pelegos que dependem do PT pra conseguir um salário razoável, acho que nas próximas eleições teremos o sepultamento do PT na cidade, parabéns ao Sr. Durval Orlato e toda a sua capacidade estratégica de gestão, realmente minha sobrinha de 12 anos ficaria impressionada.

Anônimo disse...

CESAR, SERÁ QUE A BIBONA DA RUA XV JÁ LAMBEU OS SAPATOS DO MIGUEL? IMPLORANDO UM CARGUINHO PRA ELE NÃO PASSAR FOME!

O CARA É TOA SEM VERGONHA, QUE AQUI ELE FALA BEM DE VOCÊ, MAS NA REDE SOCIAL METE O PAU EM VOCÊS DO PCB.

PAU NESSA BIBONA!

Fernando Zingra disse...

ESSA É A VERDADEIRA CARA DO PCdoB, PARTIDO QUE GOVERNA JUNDIAÍ E SE DIZ COMUNISTA, MAS SÃO SIM OPORTUNISTAS!!!
O QUE ELES QUEREM É MESMO SE BENEFICIAR, POR ISSO UM PÉ AQUI E OUTRO LÁ!!! A IDEOLOGIA, É SÓ PARA OS INCAUTOS!!!

O CAMINHO DO OPORTUNISMO NÃO TEM VOLTA

Governador eleito pelo PcdoB aliou-se a Aécio adversário de Dilma Roussef no segundo turno

O chamado Partido comunista do Brasil acaba de chegar ao último estágio de sua degeneração. Chegou a hora de mudar de nome, para não continuar desmoralizando a luta dos verdadeiros comunistas.

Na foto acima, significativamente ao centro, está Flavio Dino, governador eleito do Estado do Maranhão, no primeiro turno, como candidato do PcdoB. Ao seu lado esquerdo, Aécio Neves, o candidato do neoliberalismo orgânico (PSDB), que disputa o segundo turno contra a Presidente Dilma Roussef, do social-liberal PT. Ao seu lado direito, o vice-governador eleito, do partido de FHC e de Aécio Neves, que financiou parte significativa da campanha. A foto foi divulgada pelo candidato comunista durante a campanha eleitoral no primeiro turno. Sinalizando o pacto com a oligarquia local, a coligação se chamava “Todos pelo Maranhão”.

O governador do partido comunista teve quase dois milhões de votos, sem ostentar o símbolo do seu partido e sem mencionar uma só vez a palavra socialismo, que dirá comunismo. Imaginem como será seu governo, administrando o capitalismo num dos Estados mais pobres do Brasil e que dispõe de um violento aparelho de repressão contra os proletários e as lutas populares.

Como a disputa do segundo turno está muito apertada, Dilma pode até perder a eleição em razão dessa traição, pois Flavio Dino assumiu um compromisso com Aécio Neves de ficar neutro no segundo turno, apesar de a fotografia de ambos estar circulando no Maranhão e em outros Estados.

Na eleição para deputado federal, em que o PcdoB perdeu 5 parlamentares, esse partido a serviço da burguesia fez coligações diferentes em cada Estado, com um total de mais de 20 partidos, da centro-esquerda à direita, como foi o caso de 4 Estados em que os comunistas se coligaram com o partido mais direitista do Brasil, o DEM, cinicamente chamado Democratas.

Em 10 Estados, o PcdoB fez coligações contrárias às do PT, o partido que, desde o primeiro governo Lula, ajudou a eleger deputados comunistas e lhe entregou o importante Ministério dos Esportes.

O PCB faz esta denúncia pública para contribuir para o fim da confusão, no imaginário popular, do nosso Partido com o PcdoB.

Em breve, oxalá não tenhamos mais o mesmo sobrenome!

Secretariado Nacional do PCB

Foto: de Jesus/O Estado. Aécio Neves, em evento realizado em maio, em São Luís.

Obs.: Lembrando que em Jundiaí, Pedro Bigardi, levou para dentro de seu governo todo o PSDB, que sempre o criticou o atacou, e que quem o elegeu, queria fora. Podemos tirar a conclusão que aqui e no Maranhão, são todos farinhas do mesmo saco e que o PCdoB não passa de mais um partidinho qualquer! MUDA DE NOME PCdoB!

http://pcb.org.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=7892:o-caminho-do-oportunismo-nao-tem-volta&catid=134:eleicoes-2014

Anônimo disse...

PT social-liberal? Francamente. E o comunismo só existe na boca do canhão.

Anônimo disse...

Quando eu digo que partidos e ideologias politicas so chegam ate a posse, sou criticada. Por isso hoje nao tenho partido, se conheco o politico, o ajudo, senao, e farinha do mesmo saco. Veja a traicao do bigardi e seu amor ao psdb.

Anônimo disse...

É Bigardi, quem te viu quem te ve.

Anônimo disse...

Veja o que o atual governo fez e o tempo. Compare com os 20 anos do outro e proporcionalmente veja quem fez mais.
O MH é elite e só pensou nele.Ficou rico as custas dos pobres. Nem olhava na cara de nós funcionarios públicos. Proibia o uso ate do elevador quando chegava. Era um verdadeiro senhor de fazenda o os funcionários seus escravos. Essa é a verdade.

Anônimo disse...

César o que não faz o oportunismo!

Tem pessoa que apoiava você, inclusive tem foto de você com ele na câmara, que hoje apoia o PSDB e sua corja, ele curte tudo que os baba ovos e pelegos do PSDB postam, mesmo sendo imbecilidade!

Esse senhor é dono de imobiliária!

Jundiaí é uma terra mesmo de oportunistas, os caras vão onde podem se favorecer...me dá asco ver isso!

Anônimo disse...

O povo tem elogiado muito o prefeito, disseram no face que isso e que e gove4rnar para o povo. Meu amigo, uma cidade em que o municipe acha verdadeiramente isso, aplaudem o gordo por causa de uma turma de alfabetizacao. Se acham que isso e que e governar para o povo. Pobre povo.