quarta-feira, 30 de setembro de 2009

QUE DEMOCRACIA É ESSA ?

Em setembro de 2000, o ex-prefeito de Jundiaí, professor Pedro Fávaro, foi homenageado pela Câmara Municipal, juntamente com várias outras personalidades e cidadãos da cidade. Às vésperas das eleições municipais e diante do quadro conjuntural da política local, o ex-administrador da Prefeitura, fez um discurso que não esconde a indignação frente aos desmandos dos poderosos e cobra democracia de verdade. Leia a seguir alguns trechos deste discurso, que nunca foi publicado pela imprensa local.

"...A situação hoje se agrava sobremaneira. Ao poder econômico, soma-se, agora, o poder político. E a democracia continua sofrendo terríveis arranhões..."

"...Que chances tem os que se dispõem a participar, pela primeira vez, da vida pública, direito inalienável de todo cidadão ?..."

"...Dizem: "Eles podem ser candidatos à reeleição, mas não podem usar a máquina". Quanta hipocrisia! Eu lhes afirmo que aqueles que buscam a reeleição em nenhum momento deixam de usar a máquina; pressionando direta ou indiretamente, implícita ou explícitamente, os seus servidores, fazendo-os trabalhar como meros cabos eleitorais, de graça, pagos com o nosso dinheiro; promovendo com a força do poder, coligações mirabolantes, garantindo um leque de apoio inexpugnável; cerceando e às vezes até anulando, a ação da imprensa, da mídia, tão necessária à formação da opinião pública..."

"...Não deixemos que usem nossos cidadãos, que nos usem, como peças insignificantes no tabuleiro que armaram. Infelizmente, nosso voto deixou de ser arma preciosa para a consolidação da democracia. Que ele seja, ao menos, a expressão de nossa indignação, de nosso repúdio, de nosso protesto e de nosso alerta, como cidadãos e como brasileiros..."


* O Professor Pedro Fávaro foi, por duas vezes, Prefeito de Jundiaí.

19 comentários:

Antonio Carlos disse...

Puxa vida relembrar é mesmo relembrar!
Grande Professor Pedro Fávaro, este sim foi um POLÍTICO em Jundiaí.
De forma alguma citarei nomes para comparar e nem ofender a memória do Professor.

Anônimo disse...

saudades de Pedro Fávaro...

Anônimo disse...

A proposta do vereador Julio César de Oliveira (PSDB), que previa a distribuição de fio dental em hotéis e outros estabelecimentos, foi adiada a pedido do autor e será votada no dia 13 de outubro.

O Julião, não pode usar fio dental, tem a bunda muito feia.

Anônimo disse...

A Câmara aprovou ontem projeto de lei do vereador Silvio Ermani (PV) que prevê a comprovação de origem da compra e venda de fios de cobre.

Pô! Mas isso já é Lei, não pode negociar ou mesmo circular com mercadorias sem Nota Fiscal.

Que pais esse cara vive???

Anônimo disse...

Gustavo Martineli X Zé Dias.

Só Jundiaí perde com isso. Fizeram COMICIO dentro da IGREJA, DE NOVO!!!
CADE A VERGONHA NA CARA???
Na Igreja não, arruma outro lugar, pelo menos.
300 PESSOAS, VAI MENTIR NO INFERNO. Ops Igreja!!!
EITA PADRECO VENDIDO, PEDE PERDÃO.

Pomba Esmagada da Ponte Torta disse...

Saudades, muitas saudades mesmo do Professor Pedro Fávaro.
Hoje temos Zé Dias, Bicho Legal, Julião, ...

Graúna disse...

Pois é.....!É o "bonde" do tigrão! Tá tudo dominado!!!!!

KALANGO DOIDO disse...

Nossa câmara é um verdadeiro picadeiro, onde os vereadores são as principais atrações, "OS PALHAÇOS". Me perdõem os profissionais dessa profissão tão séria, em fazer essa comparação!!!
Não digo que não passam de incapacitados, que são todos inúteis!!! Os projetos que apresentam são coisas de boçais!!! Meia dúzia diz e faz besteira, a outra meia dúzia aplaude, e assim vão levando nosso dinheiro!!! Onde estão os novos que assumiram com gás total? Pelo jeito eles só tem gás pra flatulência!!!
O garotão da comercial ainda vai se estressar muito com o Zé Dias, esse onde souber que tem uma festa ou que alguém tá fazendo algo vai lá querendo se mostrar, o melhor sair na foto!!! Graças a Deus acabou a Paulicéia, pois todo domingo de manhã ele ficava no calçadão em frente querendo apertar a mão de todo mundo que passava, o cara é um seboso mesmo!!!

Anônimo disse...

PROFESSOR PEDRO FÁVARO. ESSE SIM HONRAVA A POLÍTICA. FOI UM GRANDE MODELO DA ÉTICA, DA HONESTIDADE E DO COMPROMISSO COM A SOCIEDADE.É PRECISO SEMPRE RESGATAR A IMAGEM DE HOMENS COMO ELE PARA QUE NOSSOS JOVENS POSSAM SE ESPELHAR. PARABÉNS CESAR PÉLA LEMBRANÇA.

Baco de Litre disse...

Incompetência é mal de família: O ENEM foi cancelado.

Cover do Chalaça disse...

Saudades também do velho professor Pedro Fávaro. Mas digo ao Pomba Esmagada que temos ainda Gérson Sartori (que com a sua candidatura insana na última eleição ajudou a não termos segundo turno na cidade); uma oposição fraquinha na Câmara (sem competência ao menos para espernear);e um bando de sumidos, a começar pelo deputado estadual Bigardi e passando pelo desaparecido Menuchi (onde andará o cara?). E não adianta, com todo respeito, ficar chorando as pitangas e lembrando do saudoso Pedro Fávaro. Aliás, o próprio professor certa vez, conversando do alto do prédio da Prefeitura sobre pessoas insubstituíveis saiu-se com esta afirmação: "Caro amigo, olhando daqui dá prá ver o cemitério Nossa Senhora do Desterro. E lá está cheio de gente insubstituível". E lembrou a morte de vários ex-prefeitos, dos quais poucos se lembravam. Por falar nisso, depois de tão pouco tempo da morte de Pedro Fávaro, são poucos os que lembram do exemplo de seriedade e honestidade do velho professor. Pior para nós, péssimo para Jundiaí.

Anônimo disse...

É, Kalango... tá vendo como andam as coisas? Vc até já acredita, como tantos outros, que vereança é profissão.
Pois eu acho que virou mesmo.
Teve um dentista que disse, certa vez, que era vereador por profissão. Pois é... ERA. Pisou no tomate, e voltou a ser dentista. Ainda bem que ele tinha DUAS profissões.
E mole ou quer mais?

priscila disse...

Kalango nos é quem somos os palhaços e eles donos do picadeiro.Onde a lona serve para cobrir e esconder as sujeiras.

Jerson disse...

Ao Cover do Chalaça: Insana foi a candidatura do rei Momo, que rasterou gente séria na política, que tacou no ú no debate de toda a oposição e que aparece abraçado com o derrotado no blog do comunista.

Anônimo disse...

mas graças a deus nao teremos os suplentes na camara, ja pensou aquela turminha liderada pelo lampiao? é de foder

estamos livres desses

graças a deus e ao tse

Anônimo disse...

Será que o vereador Júlio Cesar de Oliveira adiou a discussão do seu Projeto de Lei sobre a distribuição de fio dental em restaurantes para apresentar uma emenda estendendo a exigência para os proprietários de cães e gatos?

Cover do Chalaça disse...

Eu disse insana para não baixar o nível. Mas dá para dizer que as candidaturas de oposição foram no mínimo burras sob o aspecto estratégico e eleitoral. Mas é sempre assim. Antes, na ditadura horizontal que afligiu o País, o que se viu sempre foi um replay da última eleição de Jundiaí. A esquerda se fragmentava - quando não se degladiava - e a direitona se unia. Deu no que deu e continua dando no que dá! O racional seria Sartori e o rei Momo Beá (é esse mesmo o nome dele?) apoiarem o Bigardi, mesmo tendo que superar diferenças ideológicas e divergências que desaparecem diante do objetivo principal: a mudança do estilo de fazer política na cidade. Ao menos teríamos segundo turno, com discussões mais profundas sobre os muitos problemas que afligem Jundiaí.Mas não: olharam vaidosamente para o próprio umbigo e permitiram que a eleição se resolvesse no primeiro turno. O poderoso de plantão agradeceu, com certeza.No ano que vem haverá eleições para deputado, numa cidade importante, com grande orçamento, com muitos problemas e tudo indica que teremos vários candidatos, a maioria de oposição. A situação tem dois candidatos a estadual e um a federal. Será que a oposição -leia-se PT, PSB, PC do B, PPS, PCB, PSOL etc.- vai novamente incorrer no mesmo erro, dividindo sua forças? Se fizer isso, não elege ninguém e Jundiaí continuará sem representação legislativa estadual e federal. Por fim, quem não analisa e aprende com o passado corre o risco de cometer os mesmos erros no futuro.Será que ainda dá para acreditar na oposição em Jundiaí? Será que a oposição dará um exemplo de grandeza, mostrando que está madura para superar filigranas, se unir e chegar ao poder para realizar as mudanças que a maioria dos eleitores jundiaienses esperam? Será????

Baco de Litre disse...

Pedro Fávaro, grande maçon!
Dos delegados-vereadores, um é adormecido e o outro eu preciso confirmar se é ativo.

Priscila disse...

O MAIOR PROBLEMA É QUE IRÃO PEGAR A CIDADE EM FRANGALHOS E TALVEZ USEM DISSO COMO DESCULPAS PARA O QUE NÃO CONSEGUIREM FAZER.MAS A BEM DA VERDADE OS FRANGALHOS QUE O MIGUEL ESTÁ DEIXANDO A CIDADE IRA DE FATO PREJUDICAR OS NOVOS PREFEITOS QUE TENTARAM RECUPERAR A CIDADE.