sábado, 29 de agosto de 2009

IMPRENSA VESGA ! ! !

Temos acompanhado as matérias dos últimos dias do jornal Bom Dia Jundiaí sobre a PEC dos vereadores, que deverá aumentar o número de cadeiras na Câmara Municipal. Até colocaram na 1ª página do jornal uma bandeira do Brasil com nariz de palhaço. Muito interessante e realista. Todos nós, na verdade, somos tratados como palhaços. Só que, neste picadeiro em que se transformou a política no Brasil, em seus três níveis, a imprensa também tem o seu papel. Não vamos aqui entrar no mérito da discussão deste aumento de vereadores no legislativo local. Na verdade, se analisarmos a eficiência dos nossos edis, nossa casa de leis deveria ter em torno de duas cadeiras, no máximo. Agora, a questão é a seguinte: Nós não vimos o jornal Bom Dia Jundiaí retratar, com a mesma ênfase, as mazelas destes 20 anos de administração coronelista na cidade; nós não vimos este jornal protestar da mesma forma quando as máquinas da prefeitura foram flagradas realizando serviços em obras particulares das lideranças do PSDB; nós não vimos o jornal protestar da mesma maneira contra os crimes ambientais cometidos por Miguel Haddad em seu loteamento aos pés da Serra do Japi, quando aterrou lagos e nascentes de água; nós não vimos o jornal protestar com esta intensidade e pedir a cassação do prefeito interino Miguel Haddad quando este cometeu os crimes eleitorais que renderam a ele 8 cassações na mesma eleição. Pois é. Assim fica mais fácil, não é mesmo ? Na verdade, quando a questão envolve os poderosos da cidade, os jornais agem como avestruz e enfiam a cara no buraco. Enfim, da mesma forma que as pessoas dizem que se somarmos os nossos 16 vereadores, com muito esforço teremos 2, se nós somarmos todos os jornais da cidade, talvez não tenhamos nenhum.

10 comentários:

Anônimo disse...

O BOM DIA disse que iria cobrar as 20 promessas do Miguel. Já estmao prativcamete terminando 2.009.

Cadê os R$ 924.000.000,00?

O gato comeu?

Onde está o dinheiho?

Os buracos estão aí, a Casa de Saúde funcionava sem o Ary, colocar o bico, ônibus R$ 2,50??? e nem funciona em finais de semana, cadê escolas? cadê centros esportivos?

Cadê o prefeito?????????????????

Anônimo disse...

A imprensa de Jundiaí não é vesga, é cega ... por conveniência.

José Francisco da Costa disse...

“JJ - Como o senhor avalia o relacionamento do Executivo com a oposição em Jundiaí?
Miguel - Não dá para falar em democracia se não houver espaço e respeito à oposição, e cabe a ela construir a sociedade. Este é o papel da oposição, e não a desconstrução. É natural que você tenha divergências e opiniões totalmente distintas. É importante que existam opiniões contrárias. O que não pode é ter uma oposição que se posiciona contrária para não viabilizar os projetos, para que a administração municipal não tenha êxito. Em Jundiaí, basta fazer uma reflexão de como foram as eleições, o discurso e a forma como a oposição agiu e você consegue avaliar se nós temos tido oposição construtiva ou não.”

O texto acima foi extraído da entrevista desavergonhosamente de marketing com o “interino” publicada hoje, 30 de agosto, pelo JJ.
Como se constata, o homem fala uma coisa e faz outra. Ele fala de respeito à oposição e de democracia mas, na prática, usa o seu poder de veto e a sua tropa de choque na Câmara Municipal para impedir a aprovação de projetos da oposição.
Será que ele esqueceu o seu veto ao projeto de lei legal e constitucional da vereadora Marilena Negro limitando o tempo de espera nas filas para atendimento nas agências bancárias e a rejeição pela sua tropa de choque ao projeto de lei do vereador Durval Orlato, também legal e constitucional, que prevê o direito ao transporte para crianças de 0 a 6 anos, previsto no ECA e LDB?
E tem ainda a rejeição sistemática na Câmara Municipal de todos os requerimentos da oposição com pedidos de informações que visam a fiscalizar a sua administração.

Anônimo disse...

ALIÁS QUEM NÃO CONHECE A CIDADE E LÊ OS JORNAIS DA CIDADE TEM A IMPRESSÃO QUE AQUI É A SUIÇA. HOJE NO JORNAL O ESTADO DE S. PAULO, JUNDIAÍ É CITADA ENTRE AS CIDADES COM ALTO ÍNDICE DE VIOLÊNCIA.

Pomba Esmagada da Ponte Torta disse...

Não temos o prefeito, mas temos os Paçocôes da vida...

Priscila disse...

Todas as manhas ,ha hoje não vou usar correção to com preguiça ,sabe que ora fui dormir Cesar ,2:00 passando roupa,o Leo ficou jogando para fazer companhia,apoio moral).

Vamos la,quando leio alguma matéria que me da vontade de comentar dependendo o assunto principalmente política ,deficientes e policia eles me bloqueiam,no jota jota,hoje tem uma de deficiente e outro do barriga de solitária,só que fui fazer login não deu.

Ele comentou que não houve oposição construtiva é imaginem ele que está destruindo a cidade decaindo ao posto de desenvolvimento social para 34 ou 39º.Que ridículo o cara esta deixando o centro pior que a 25 de março,a cidade ta sujo desorganizada.

Falo da segurança depois que o prédio dele foi assaltado agora chove amarelinhos lá que ficam multando ,os comerciantes falaram que esta uma merda para falar a verdade.

O amarelinho fica parado bem na porta do prédio deles e proibindo que permanecem mais que 2hs.

OLHA CARO MIGUE VC PODE ESCAPAR DE TUDO OU TENTAR MENOS DA JUSTIÇA DE DEUS O QUE AQUI SE PLANTA AQUI MESMO IRA COLHER ATÉ HOJE NEM VC NEM NENHUM VEREADOR E NEM O DEPUTADO PEDRO O QUAL VI SUA ENTREVISTA ONTEM TV ASSEMBLÉIA FIZERAM ALGO A RESPEITO DA IGNORÂNCIA E DO CRIME COMETIDO DE INJUSTIÇAS COM OS DEFICIENTES REPROVADOS PELO COMANDANTE HONSTÍSSIMO JOVAIR QUE EM CADA REUNIÃO DA SEGURANÇA PUBLICA TINHA CORAGEM DE LAMBER MEU IRMÃO HOJE CAPITÃO.OUTRO MARIA MOLE QUE NADA FEZ PARA ME AJUDAR.ACHO QUE É DA ÍNDOLE DOS PMs SEREM CORPORATIVISTAS ATÉ COM COISAS ERRADAS.Pena que é meu irmão.Há usei corretivo não dá fica feio e dai vão me encher o sacrilégio.

Anônimo disse...

Vixe!!!

Mistério, o que será que aconteceu com o Sr. Sidney Mazzoni?

Tá bonzino está semana...

Cover do Chalaça disse...

Essa Casa de Saúde ou, se preferirem, o tal de Hospital Regional, ainda vai dar o que falar! A declaração do prefeito de quanto será gasto para reformar o prédio do hospital - R$ 18 milhões, mais R$ 13,5 milhões dados para a Unimed - mostra o tamanho da besteira iniciada pelo ex-prefeito Ary Fossen. Este cidadão se envolveu na briga entre concorrentes privados (Unimed e Sobam, tentanto beneficiar esta última), gastou dinheiro público, criou um ralo sem fundo e o Miguel, pensando pequeno, não tem a coragem de vir a público e confessar que com todo o dinheiro gasto e o que vai gastar daria para construir um novo e moderno hospital para Jundiaí.Terreno a Prefeitura tem aos montes na cidade. Talvez nisso esteja a prova do por quê o Orçamento Municipal vire fumaça e a cidade fica pagando mico quando comparada com Sorocaba, São José do Rio Preto, Santos, São José dos Campos, Ribeirão Preto entre tantas outras. É o jeitinho tucano de administrar, ou seja, tudo não passa de uma grande ação entre amigos.

Priscila disse...

Claro que irá gastar mais uns 18 milhões para reformar a casa de saúde ou fazer outro açougue,eles ewstão percebendo que a vacas gordas estão acabando e tem muito empreendimento para serem aprovados e terminados seis acham que o larápio vai querer deixar o cofre seca da noite pro dia só.So os trouxa que acreditam.Que ele tá preocupado com a saúde do povão,se quando tira férias ele não passeia nem em seu Páis com tantos lugares deslumbrantes vcs acham que ele usa o hospitar daqui, seliga mano.E aí Cesar se taí né.hihih

Priscila disse...

Bem claro que a sede da câmara municipal ´ patrimônio público mas me parece que o nobre Deputado ta bem entrosado e tendo livre acesso ao espaço pra suas reuniões ele agora apoia a UMEC ods estudantes então cade os caras pintadas?