quinta-feira, 11 de junho de 2009

SERVIÇOS PÚBLICOS OU PRIVADOS ?



A cada dia que passa ficam cada vez mais evidentes o descaramento e a desfasatez dos coronéis tucanos no que diz respeito ao uso da máquina pública em benefício de seus interesses particulares. As fotos acima atiram no rosto do munícipe o cinismo e a impunidade que imperam em Jundiaí. Como podemos observar na 1ª foto, ali está um caminhão da Secretaria Municipal de Serviços Públicos realizando serviços dentro do Multi Modas Center, shopping de propriedade da família do prefeito interino Miguel Haddad; na outra foto, podemos observar uma placa autorizando a população a estacionar na Av. Antonio Frederico Ozanan, bem em frente ao mesmo shopping. Oras bolas, será que o prefeito interino Miguel Haddad passou a escritura da prefeitura em seu nome e não estamos sabendo ? Brincadeiras à parte, meus amigos, esta tem sido a política em Jundiaí nos últimos 20 anos. O público se misturando com o privado. Só com um pequeno detalhe: O público pagando a conta e o privado recebendo os dividendos. Assim é gostoso, é ou não é ? Só que isso, companheiros, é para os poucos privilegiados que nasceram com a estrela de fazerem parte do grupo político que aí está há duas décadas. Para o povo restam apenas as migalhas da miséria social em que está mergulhado e sem perspectivas de sair dela.

30 comentários:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Ha e aproveita pra mandar essas fotos
para o MP e o DD Juiz Stradiotto...

DEDODURO disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Tio disse...

http://www.portaljj.com.br/interna.asp?Int_IDSecao=1&Int_ID=82308


TRANSPORTE PÚBLICO
11/6/2009
´Deficientes´ usam ônibus de graça
___________________________________
RUI CARLOS
Atendimento aos deficientes virou caso de polícia na cidade
As empresas de ônibus que operam em Jundiaí identificaram que falsos deficientes estão usando o Sistema Integrado de Transporte Urbano (Situ) sem pagar a tarifa, utilizando carteirinhas de deficientes verdadeiros.

Não tem regulamento? É bincadeira. Também não tem õnibus. Como vai ter regulamento?

Para com isso.

Esses caras estão de brincadeira mesmo.

Anônimo disse...

Em frente ao Multimodas é permitido estacionar aos sabados e domingos em plena avenida Frederico Ozanan

Sera que em frente a ao Maxi, Paineira e o shopping no final da Nove de Julho tambem é permitido estacionar na avenida aos sabados e domingos????????????

Se voce estacionar na Nove de julho em frente ao Birra ou ao Beco os amarelinhos do berinjela mete a caneta.

Como o projeto de amplição do Multimodas foi aprovado sem as vagas necessárias.

Vai ver que a prefeitura fez um contrato de aluguel da avenida ao Multimodas, ou até um empréstimo.

É assim que funciona eles compram o poder e aproveitam para enriquecer muitooooooooooooooo

Tio disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Está no site do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo:

53 TC-000840/026/07
Contratante: DAE S/A – Água e Esgoto de Jundiaí.
Contratada: Cosmar Veículos e Máquinas S/A.
Autoridade(s) Responsável(is) pela Abertura do Certame Licitatório e pela Homologação: Eduardo Santos Palhares (Diretor Presidente).
Autoridade(s) que firmou(aram) o(s) Instrumento(s): Eduardo Santos Palhares (Diretor Presidente), Eduardo Pereira da Silva (Diretor Superintendente), Fábio Nadal Pedro (Diretor Administrativo), Milton Takeo Matsushima (Diretor de Operações) e Antonio Pereira de Araújo (Diretor de Manutenção e Obras).
Objeto: Aquisição de veículos (renovação de frota).
Em Julgamento: Licitação – Concorrência. Contrato celebrado em 11-09-06. Valor – R$1.753.290,00. Justificativas apresentadas em decorrência da(s) assinatura(s) de prazo, nos termos do artigo 2º, inciso XIII, da Lei Complementar 709/93, pelo Conselheiro Robson Marinho, publicada(s) em 27-03-07 e 24-06-08.
Advogado(s): André Ramos Tavares e outros.
Auditada por: GDF-11 – DSF-I.
Auditoria atual: UR-3 – DSF-II.

Resultado: IRREGULAR. APLICADA MULTA DE TREZENTAS UFESPs AO SR. EDUARDO SANTOS PALHARES (DIRETOR PRESIDENTE).

Hoje o homem está na direção da FUMAS.

DedoDuro do PSDeuBola disse...

Tayar: denuncio também uma câmera instalada especialmente para tomar conta do empreendimento deles. Amanhã vou lá tirar a foto e enviar-lhe.

Anônimo disse...

Tayar, é para rir ou para chorar ?

Anônimo disse...

P. Q. P. !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

De acordo com o publicado na Imprensa Oficial do dia 24 de abril de 2009, a Prefeitura gastou R$ 962.938,42 no período de 01 de janeiro a 31 de março de 2009 (3 meses) com publicidade
Já na Imprensa Oficial do dia 09 de junho p.passado, está publicado o extrato do "Termo de Aditamento III" do contrato nº 86/07, firmado entre a Prefeitura e a empresa Central Business Comunicação e Editora Ltda., no valor estimado de R$ 774.720,00, que tem como objeto a prestação de serviços de divulgação de ações, projetos, programas, obras serviços e campanhas da Prefeitura.
Conforme consta do extrato publicado, o aditamento se refere ao acréscimo do objeto do contrato e adequação do valor contratual.
Todas essas despesas com publicidade vem comprovar que a propaganda é a alma do negócio, embora governar uma cidade não seja um negócio, e sim uma prestação de serviço público muito bem remunerada.

Anônimo disse...

JUNDIAÍ = CIDADE DAS RUAS REMENDADAS!!!!!!!!

Anônimo disse...

PESSOAL,

E O BONECÃO DE OLINDA, O QUE ANDA FAZENDO?
O CARA NÃO APARECE PRA NADA...

AH, PRA QUEM NÃO SABE, BONECÃO DE OLINDA = LUIZ FERNANDO MACHADO.

Le disse...

Em semana do dia dos namorados, constatamos que os tucanos são muito românticos. Trata-se de um verdadeiro caso de amor com o dinheiro público!
Isso mesmo: o meu, o seu, o nosso dinheiro.

Cronel Epaminondas disse...

É uma ...

É desta maneira que podemos fazer oposição.
Tem que mostrar, fazer acontecer, não podemos ficar no requentamento de denuncias, pois mesmo as mais contundentes são transformadas em irreais pela máquina da Participação Só Da Bandalheira em seu choque de gestão, lembremos que pela inoperância da nossa oposição, hoje eles têm R$ 1 bilhão de reais para explicar o inexplicável, aprovando o improvável e reinando como estivessemos em uma monarquia de imbecis.

Viva eu, viva tudo, viva o Chico barrigudo.
É tudo coisa de louco!

O Coronel Epaminondas mudou sua patente para Cronel, pois estamos cada vez menores perante aos seres supremos que nos dirigem, eles sim são coronéis, eles sim têm o caráter supremo de mandatários, ou manda otários.
Assim dizia Asdrubal, o grande general das causas perdidas: mais vale um 1 bilhão de reais na mão do que 1 real na oposição.

RÔNÁLDO !!!!!! disse...

O que diria nossa gloriosa imprensa composta por figuras gordas, corcundas e arcáicas, mais pseudos radialistas "de bem com a vida", repórteres do povo e doces de amendoim prensados ? O que eles diriam ?

Tio disse...

A coisa tá feia mesmo, NEM morrer em paz as pessoas podem, tá lôco sô.

O Sr. Dianim lembram-se dele aquele ex-secretário dos transportes? Agora está no serviço funerário.

Então: Herdou um abacaxi do Silvio Ermani. E tem mais rolo com a Tania Pupo e o Eduardo Palhares.

XIIII, isso vai longe!!!

Reportagem do J.J.

http://www.portaljj.com.br/interna.asp?Int_IDSecao=1&Int_ID=82331

ADMINISTRAÇÃO
11/6/2009
Funerárias entram em guerra por serviços
________________________________________
FABIANO MAIA
Cláudio Dianin, que deseja colocar ordem na casa depois da batalha entre as funerárias e acusações
A guerra entre as funerárias de Jundiaí ganhou, ontem, uma série de acusações envolvendo o Serviço Funerário Municipal. O diretor do órgão, Cláudio Dianin, disse que está irritado com a situação e vai se reunir com a secretária de Saúde, Tânia Pupo e o superintendente da Fundação Municipal de Ação Social (Fumas), Eduardo dos Santos Palhares, para encontrar uma solução.

Tio disse...

Pergunta ao vereador Leandro Palmarini.
Quantos animais abandonados foram adotados naquele passeio???

Duvido que responda. É golpe eleitoreiro, é para aparecer na mídia.

A assessora do vereador foi entregar os convites com carro da prefeitura. Beleza, não?

No J.J. está escrito que o vereador estava a vontade entre os animais. O s animais estavam em jaulas. Pô, brincou, né?

Quero ver trabalhar de verdade, de GARGANTA, já tem o Julião.

Leandro Palmarini, o Julião tomou o seu espaço, você é FROUXO.

Anônimo disse...

O vereador Gustavo Martinelli está bravo e dizendo que é jovem mas não é moleque.

Está certo, já entendemos. Agora pode pegar a caneta e o bloco de multas e ir multar o pessoal que estaciona no lugar dos idosos e portadores de deficiencias.

Lá você produz muito mais.

Tio disse...

Reparem que em frente ao Multimodas a Avenida é mais larga, já começa aí do outro lado tem semaforo bem na saida, parece que tudo ficou bem no jeito, sei lá, quem tem sorte, tem...

Anônimo disse...

MISSSTÉEEEEERIO!!!!!!!

Anônimo disse...

Nossa!!!!!é muita falta de indole, caráter, respeito e tudo que consolida a estupidez de um ser humano.
Sem nenhum pudor demonstram simbolicamente que o patrimônio que em tese deveria ser público, pertence a eles, possuem duas vantagens o conhecimento de que não há justiça e ignorância popular, a principal política pública do PSDB é aquela que priviligia a iniciativa privada.
Este bonecão de gesso não têm jeito mesmo, acho que até em Francisco Morato e Franco da Rocha a política lá praticada ainda têm mais nível que a daqui.

Anônimo disse...

CLAUDIO DIANIN?

SERIA INTERESSANTE PERGUNTAR PARA ELE QUANTO CUSTOU CADA SEMÁFORO QUE DEVERIA SER ACIONADO PELA "FAIXA AZUL".

É QUE NENHUM DELES FUNCIONA.

ESTÃO TODOS NO AUTOMÁTICO, COMO SEMÁFOROS COMUNS...

MAS, COM CERTEZA CUSTARAM MUITO MAIS CARO DO QUE OS SEMÁFOROS COMUNS...

ACHO QUE É CLAUDIO "VINDEAMIN"...

Anônimo disse...

O POST PUBLICADO ACIMA E COLADO AQUI É PARA MOSTRAR O RETRATO DA IMPRENSA JUNDIAIENSE. ESTE É O MOTIVO DE TANTA SUBSERVIENCIA, CAPACHISMO E SEI LÁ QUE ADJETIVOS USAR PARA DEFINIR ESSA IMPRENSA MEDIOCRE DE NOSSA CIDADE.
"De acordo com o publicado na Imprensa Oficial do dia 24 de abril de 2009, a Prefeitura gastou R$ 962.938,42 no período de 01 de janeiro a 31 de março de 2009 (3 meses) com publicidade
Já na Imprensa Oficial do dia 09 de junho p.passado, está publicado o extrato do "Termo de Aditamento III" do contrato nº 86/07, firmado entre a Prefeitura e a empresa Central Business Comunicação e Editora Ltda., no valor estimado de R$ 774.720,00, que tem como objeto a prestação de serviços de divulgação de ações, projetos, programas, obras serviços e campanhas da Prefeitura.
Conforme consta do extrato publicado, o aditamento se refere ao acréscimo do objeto do contrato e adequação do valor contratual.
Todas essas despesas com publicidade vem comprovar que a propaganda é a alma do negócio, embora governar uma cidade não seja um negócio, e sim uma prestação de serviço público muito bem remunerada."

Anônimo disse...

ADMINISTRAÇÃO
11/6/2009
Funerárias entram em guerra por serviços

Solução??????

vai ser mais GRANA.

Pior que é a nossa.

Tio disse...

Este Sr. Cláudio Dianin era figura decorativa na Setrasp, agora é figura decorativa no Serviço Funerário.

Jundiaí tem tantas Empresas, se tem Empresas tem pessoas para administrar.

Cadê as pessoas para administrar a Cidade???

Anônimo disse...

E continuando a nossa leitura da Imprensa Oficial do Município, no dia 29 de maio p.passado, foi publicado o "Termo de Prorrogação III, do contrato nº 066/06, firmado entre a Prefeitura e a empresa Transkomby Locadora de Veículos Ltda., que tem como objeto a locação de 14 veículos com motoristas e 01 motocicleta com condutor, destinados à fiscalização da Secretaria Municipal de Saúde.
Por essa prorrogação contratual de 2 (dois) meses, a Prefeitura está pagando R$ 101.099,98.
Perguntas:
1. Será que existe a necessidade de 14 veículos com motoristas e uma moto com condutor só para uso da fiscalização da Secretaria de Saúde?
2. Será que estão usando a verba "carimbada" da saúde para outras finalidades?
Missstério!

André disse...

O fato de o prefeito usar equipamento de propriedade pública para serviços particulares é exemplo do descalabro a que chegamos. Aqui em Jundiaí os detentores do poder se sentem tão seguros da impunidade que não sentem nenhum constrangimento em afrontar a comunidade com tais abusos. Isso prova que nós jundiaienses somos valentes somente quando se trata de brigar com os torcedores da Ponte Preta, porque na hora de lutar por nossos direitos de cidadãos e exigir o decoro da administração pública não passamos de calhordas covardes.

Anônimo disse...

Caro André, você pegou pesado. Nem todos declinam da sua condição de cidadão para ficar ao lado dessa elite ... que se apoderou da administração da cidade.
A única forma de combate-la é recorrer ao judiciário que, constitucionalmente, tem o dever de investigar e propor penalidades.
Dê um pulo no Forum de Jundiaí e conheça as inúmeras representações apresentadas pelos cidadãos indignados.
Se nada prospera na Justiça, a culpa não é dos cidadãos...

Pomba Esmagada da Ponte Torta disse...

Concordo com o André.
Qual o maior responsável dessa porcaria de continuísmo nefasto, calhorda e podre que aí está ???

Resposta : O eleitor.