quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

MOSTRANDO A REALIDADE DOS FATOS ! ! ! ( II )

8 comentários:

Anônimo disse...

UMA PENA QUEM FILMOU NÃO TER DADO UM CLOSE NO JORNAL. ERA SÓ PEGAR UM NA GRADE DAS CASA OU COLOCAR ALGUEM EM DIREÇÃO AO JUCA PARA RECEBER UM EXEMPLAR, MAS VALEU A INTENÇÃO. NÓS CONHECEMOS O JUCA PINHEIRO E SABEMOS QUE ERA SIM O JJ QUE ESTAVA SENDO DISTRIBUIDO.MAS ELES NÃO VÃO ESCAPAR TEM MAIS PROCESSOS

Anônimo disse...

Pergunta: Este video fez parte do processo? Não que fosse adiantar, pois eles iam dizer que foi apenas uma iniciativa isolada de algum simpatizante, né?

cesar tayar disse...

O vídeo que faz parte do processo é um outro vídeo que mostra os cabos eleitorais do PSDB distribuindo o jornal em semáforos da cidade. Detalhe: neste vídeo dos semáforos aparece claramente o logotipo do Jornal de Jundiaí.

Anônimo disse...

A REALIDADE DOS FATOS.

Todos os apaniguados bossais deste Blog são escória, segundo o Sr. Professor Doutor em Jornalismo, editor chefe do jornal que distribuiu 50.000 exemplares, porém não influênciou a eleição, já que em Jundiaí temos 5.000 exemplares, o resto é a escória que não sabe ler, isto por dedução.
Neste vasto universo temos, segundo este Blog, em Jundiaí de Hoje tem Raízes no Passado I e II, uma definição do Integralismo do Sr. Plinio Salgado e o ENTREGALISMO DO MIGUÉ DOCINHO.
Estes são os fatos, nóis semos a escória e eles os bão, os PERPÉTUO quinén tumulo.
Como a escória só serve pra vota e trabaiá para pagar os tibuto pros DOCINHO pode governa em causa própria.
Vamos ficando com a escória que é mais limpa, integra, moralmente balizada, com ética e sabedoria popular; do que os doutos senhores do poder jundiaiense e seu judiciário cheio de artimanhas.

Tio disse...

Jornalista Sidney Mazzoni!!!??? Será mesmo que este indivíduo pode ser chamado de jornalista?

Três toques:

Primeiro: o Sidney Mazzoni recebe duas vezes da prefeitura de Jundiaí, vejam o chamado Jornal, é propaganda da primeira até a última página dos coronéis tucanos, e a esposa do mesmo ocupa cargo comissionado na prefeitura, pode? É nepotismo ou não?

Segundo: o presidente Lula, tem mais de 80% de aprovação popular, o Sidney Mazzoni é editor chefe de um jonaleco, com tiragem de 5.000 exemplares ( Jundiaí tem 400.000 habitantes), e diz que recebe e-mail concordando com ele que o Lula é ruim. Se toca meu, inventa outra.

Terceiro: vamos criticar o Lula; o modelo de escola que aí está, com esse negócio das crianças progredirem mesmo sem conseguirem aprender o suficiente, está errado. O Lula tem que mudar e URGENTE.
Só um lembrete: quem criou isso foi o governo tucano ( F.H.C.). Para receber verbas do Banco Mundial, lembra-se?
Está errado, o Lula deve mudar isso, vai Sidney Mazzoni liga para o Miguel, aproveita que o Lula está com ele.

Anônimo disse...

Pergunta - Qual o nome deste entregador?
Ele esta contratado pelo Miguel como CC ???

Veja isso urgente para recurso no TSE

Graúna disse...

Sem comentarios......

Anônimo disse...

Boa noite, nobre Cesar Tayar!
Como diria o finado (bendito seja!) escritor, poeta, boêmio, carnavalesco e ex-vereador Erazê Martinho, a mídia (que faz média)local é aulica, palaciana, sabuja, capacho de todos os hóspedes do poder.
Aliás, o dito cujo, em questão, igualmente é temporário, já que o patronato em geral tem o mesmo grau de cumplicidade e comprometimento com a casta política hoje firmemente questionada nas barras dos tribunais.
A hora deles, entretanto, está chegando (por conta, inclusive, deste democrático canal de comunicação), pois o ciclo de desmandos, de suposto (rs!) enriquecimento ilícito de governantes em geral (em todo o país, não quero problemas com a Justiça),não vai prosperar, diante da avalanche de informações que ainda tentam omitir na velha Terra de Petronilha.
Bom, agora vou saborear um suco de laranja.
Afinal, também sou filho de Deus.
Com uma lucidez que, vou confessar, dói pra caramba.
Grande abraço, Tayar!