terça-feira, 9 de dezembro de 2008

CENSURA: A OAB NA CONTRA-MÃO DA HISTÓRIA !

19 comentários:

Anônimo disse...

Bunitim o firme né, mas vóis mecê ta sem assunto é Tayar?

Anônimo disse...

Tayar: como foi hoje lá no Forum, temos que continuar a luta. Todos os bairros de Jundiai e depois pegar a Av. Paulista.

Anônimo disse...

Opa! Me parece que a notícia abaixo tem Nepotismo, e é exatamente o que temos em Jundiaí.

CRIMES
9/12/2008

Polícia Federal prende juiz e desembargadores
-----------------------------------

Sete pessoas, entre elas desembargadores e um juiz, foram presas hoje pela Polícia Federal no Espírito Santo, em cumprimento a mandados de prisão expedidos pela ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ela é relatora do inquérito que investiga o envolvimento de desembargadores, um juiz, advogados e uma servidora pública em crimes contra a administração pública e a Justiça. A ministra também expediu 24 mandados de busca e apreensão.

A investigação corre em segredo de Justiça desde abril deste ano. O delito apurado consiste, basicamente, no patrocínio e intermediação de interesses particulares no Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJ-ES). Segundo informações da assessoria de imprensa do Superior Tribunal de Justiça, ao longo das investigações também surgiram evidências de nepotismo no TJ-ES, o que teria facilitado as ações delituosas dos investigados, que contavam com a colaboração de parentes e afins empregados em cargos estratégicos. Os presos serão levados para Brasília, onde ficarão à disposição do STJ.
Fonte: Jornal de Jundiaí

E AÍ OAB????????????????????????

Em Jundiaí está cheio. SOCORRO!!!

Anônimo disse...

O fato de Sacramoni, que até outro dia havia debandado para a oposição ter dado quase duzentos mil para a campanha do miguel ninguém comenta. será que ele será secretário do tucano?

Anônimo disse...

E aí César, quando será apróxima?

Anônimo disse...

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) respondeu, nesta terça-feira (9), a algumas das perguntas feitas em consulta pelo Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) sobre os votos nulos nas eleições municipais.

A decisão final sobre a consulta ainda não foi proclamada devido a um pedido de vista do ministro Joaquim Barbosa, mas alguns pontos já foram definidos. Para os ministros, os votos anulados judicialmente dados aos candidatos sem registro ou inelegíveis não se somam aos votos nulos derivados de manifestação apolítica. A maioria dos ministros também concordou que nenhum candidato será proclamado eleito ou diplomado se mais de 50% dos votos forem originariamente nulos ou tiverem sido anulados se foram conferidos a candidatos que tiveram o registro indeferido ou cancelado. Por fim, os ministros decidiram que não pode ser diplomado nenhum candidato sem registro de candidatura.

Os ministros entenderam que a junta eleitoral pode proclamar o resultado da eleição quando houver candidato com registro indeferido, “sub judice”, mas cuja votação não alcance 50% dos votos.

O plenário também respondeu afirmativamente à questão: a partir de qual momento a decisão sobre o registro de candidatos deve surtir seus efeitos acarretando, se for o caso, a realização de novo pleito?

Os ministros entenderam que, nesse ponto, deve ser aplicado o artigo 216 do Código Eleitoral que determina que a decisão sobre registro de candidatura deve produzir todos os seus efeitos regulares após o pronunciamento do TSE.

http://agencia.tse.gov.br/sadAdmAgencia/noticiaSearch.do?acao=get&id=1137492

Anônimo disse...

OPOSIÇÕES
10/12/2008

Manifesto no Fórum reuniu apenas 60

Este é o título de uma matéria no jj de hoje. Pelo que entendi quem anda fazendo a contagem do público só aprendeu a contar até 60, é exatamente o mesmo nº publicado por eles sobre a manifestação passada no centro.

Anônimo disse...

Não é estranho o Nosferatu católico psdebista ter ido papear com a petista Dilma? Será que ele foi pedir a cabeça do nosso ético e único juiz Marco Aurelio?

Anônimo disse...

O título da postagem está em completo desacordo com o conteúdo do documentário. Durante o período da ditadura a voz da OAB foi uma constante, principalmente quando esteve sob a direção nacional de Raimundo Faoro. Nessa época\, a radicalização foi resultado, dentre inúmeros outros fatores menos relevantes, da postura do PCD do B, alinhado com Tirana, que pregou e praticou a luta armanda. E todos nós sabemos que não fez isso para combater a ditadura. Fez o que fez porque queria o poder, não importa quem fosse o titular. Não me parece que o PC do B tenha mudado a sua cartilha. A tomada do poder, pela via do voto, parece ser mais um subterfúgio, pois, com a vitória, não mudará sua ideologia e seus métodos. Quem se dispõe à luta armada, é óbvio, não se enquadra no perfil da atuação democrática e do Estado de Direito. Questões ideológicas à parte, mais parece que esse enfrentamento com a OAB é típico de quem não se conforma com a manutenção das instituições e do regime constitucional. Vê-se, claramente, que o objetivo é buscar apoio político-partidário, tentando fazer da OAB palanque em prol das conveniências de ocasião. Aliás, a postura do Bigardi, ontem, na Casa do Advogado, revelou exatamente isso- se vocês não me apoiam, eu também não- a bola é minha e tchau- o que é pouco compatível com a postura de um candidato sério. Se as decisões da Justiça Eleitoral de primeiro grau estão certas ou não, os recursos interpostos irão confirmar. O que não parece razoável, ao menos para quem se qualifica como defensor do Estado de Direito, é não conhecer o seu funcionamento. A OAB não pode, institucionalmente, interferir em decisões do Judiciário, sendo, ao meu ver, ridículo, ao menos como advogado, sair às ruas batendo panelas e fazendo barulho para manter ou reverter decisões judiciais. Isso dá a impressão de que os manifestantes acham que o Judiciário é covarde ou mercenário, fazendo flutuar as suas decisões conforme a cara feia deste ou daquele. Respeitem a decisão da Justiça e aguardem o desfecho dos processos. Ou vocês vão para as ruas tentar derrubar o Tribunal de Justiça se a decisão não lhes agradar? Evidentemente todos vocês serão processados pelos insultados, notadamente o dono do blog, que apenas permite a publicação de comentários que sejam favoráveis ao Bigardi e ofensivos à OAB e demais autoridades. Quem acoberta o anonimato caluniador e injurioso, responde por ele.Apenas estou evitando a minha identificação, por ora, para quem não façam ligações indevidas de minha pessoa com a OAB, embora esteja escancarado que falo como advogado. Apenas gostaria de deixar claro, embora esteja pronto para atuar como advogado contra vocês pelos absurdos que escrevem, quanto prejuízo vocês estão acarretando à imagem do próprio Bigardi, através de atitudes infantis e absolutamente contrárias ao Estado de Direito que dizem defender. Entretanto, o próprio BIgardi não colabora, indo à OAB para, ao que parece, ratificar os insultos, sem ao menos se preocupar em saber o que foi realmente fazer lá. Apenas sinto não poder me identificar, agora, para náo criar problemas a terceiros. Mas o estudo da História mostra que por causa de irresponsáveis como vocês surgiram AI-5, DOI-CODI e outras coisas do gênero.

Anônimo disse...

DIA 10 DE DEZEMBRO. 60 ANOS DA DECLARAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS.VIVA A LIBERDADE! VIVA A DEMOCRACIA! VIVA A JUSTIÇA! PARABÉNS JUNDIAÍ GRAÇAS A ISSO TUDO IREMOS VIVER NOVOS TEMPOS.

cesar tayar disse...

Ao amigo advogado, que escreveu o comentário acima, diria que você está correto ao dizer que a OAB teve participação ativa na luta pela democracia. É exatamente por isso que dizemos que a OAB local está na contra-mão da história. Isto porque a entidade jundiaiense não está participando das discussões de questões de interesse público que nos afeta. Além disso está querendo colocar freios na liberdade de expressão pela internet. É claro que ninguém aqui defende abusos e ofensas pessoais a ninguém, mas querer censurar não deve ser um ato a ser empreendido por uma organização com a história da OAB.

Anônimo disse...

concordo com voce tayar. agora o que eles não dizem é da tentativa de colocar em dúvida a honra das pessoas, como voce e o bigardi, com os e-mails ofensivos com insinuações de toda a natureza. isso sim é pura perda de tempo e uma ofensa a inteligência do ser humano. vamos usar a internet para comunicação e não para esculhambação.acorda pessoal que o trem da justiça já vem.

Anônimo disse...

Piolho Ácaro foi escolhido entre 100 melhores personagens do cinema. Ele parece que está em 13º lugar. Parabéns! Hoje está hilário o jornal Bundinha: ele diz que boa cepa é gente que troca fusivel, passa doce pelo muro, indica benzedeira. Merece entrar pro Guiness!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Interesse que os afeta é a candidatura do Bigardi. É isso que nós estamos vendo.

Anônimo disse...

Interesse que nos afeta é mudança radical desta mentalidade fascista que impera em nossa cidade.

Anônimo disse...

Prezado Advogado Anônimo!
Fico feliz por você ter tido a coragem de postar a sua opinião a respeito dos últimos acontecimentos! Quero, inclusive, cumprimentar a atitude Justa e Perfeita do dono do blog, que, publicou a sua mensagem. Posso até concordar com o doutor, no que se referem aos idos tempos em que figuras como Raimundo Faoro: escritor, advogado, cientista político e historiador, autor de “Os Donos do Poder - 1958”, um clássico da sociologia política brasileira, que tomo a liberdade de transcrever o seguinte trecho:

“Adornando-se dos principais postos e dos mais relevantes cargos da engrenagem administrativa e política do país, exercem eles um poder extraordinário que lhes permite acumular enormes fortunas, pois além de exaurir os excedentes nacionais, ela entende a coisa pública como extensão do seu patrimônio pessoal. Colocados habilmente fora do controle geral da sociedade ou imune a ele, multiplicam sem cessar as benesses e os favores que acreditam ter direito”.

Caro doutor, este trecho deve ser suficiente para que o senhor se de conta de que a OAB do passado possuía valores que hoje não existem mais. Citar o passado glorioso e nomes de personalidades que lutaram por um Brasil melhor, não colocam os seus atuais membros, nas mesmas condições, o mesmo acontece inversamente, se assim o desejar, com relação ao PCdoB. Porém, posso lhe afirmar com certeza que o Partido Comunista do Brasil em Jundiaí, tem hoje como seu Presidente uma personalidade de Caráter Impar que se chama Pedro Bigardi.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

QUER DIZER QUE O TAYAR É MAÇOM?


SERÁ QUE TEM CORAGEM DE ASSUMIR?

Anônimo disse...

NÃO SEI NÃO, MAS PARECE QUE O MIGUEL TAMBÉM É MAÇOM!